Argentina reclama do Bayern por volta de Demichelis após lesão

segunda-feira, 29 de março de 2010 17:15 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - A comissão técnica da seleção argentina está insatisfeita com a decisão do Bayern de Munique de promover o retorno aos gramados do zagueiro Martin Demichelis menos de um mês após ele ter sofrido múltiplas fraturas na face num amistoso de preparação para a Copa do Mundo contra a Alemanha.

"Estou surpreso que eles não coloquem a saúde do jogador em primeiro lugar", disse o médico da seleção, Donato Villani, que está na Europa, ao jornal esportivo Olé.

"Fico realmente muito decepcionado que as pessoas do Bayern do Munique... não pensem nas consequências que essa decisão pode ter", disse Villani, acrescentando que um jogador com a lesão sofrida pelo zagueiro precisaria de cinco a seis semanas de recuperação antes de voltar a jogar.

Usando uma máscara de proteção, Demichelis entrou em campo nos últimos oito minutos da derrota em casa do Bayern por 2 x 1 para o Stuttgart, no sábado, e está escalado para o jogo com o Manchester United pelas quartas-de-final da Liga dos Campeões, na terça-feira.

Demichelis sofreu a lesão quando Michael Ballack acertou seu rosto com o joelho durante a vitória da Argentina por 1 x 0 em Munique, no dia 3 de março, mas está ansioso para voltar a jogar para tentar uma vaga na equipe do técnico Diego Maradona que disputará a Copa do Mundo da África do Sul.

O zagueiro de 29 anos foi cortado da equipe que disputou o Mundial da Alemanha pouco antes da Copa.

A Argentina estreia na Copa deste ano contra a Nigéria, em Johanesburgo. A equipe também enfrentará Coreia do Sul e Grécia no Grupo B.

(Reportagem de Rex Gowar)

 
<p>Zagueiro do Bayern de Munique Martin Demichelis deixa o campo ap&oacute;s derrota para o Stuttgart em Munique no s&aacute;bado. 27/02/2010 REUTERS/Michael Dalder</p>