Passar da primeira fase é como escalar o Everest, diz Parreira

quinta-feira, 15 de abril de 2010 17:56 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A seleção sul-africana buscará superar a primeira fase na Copa do Mundo, mas a tarefa tem uma dificuldade similar a escalar o monte Everest, disse Carlos Alberto Parreira, técnico dos "Bafana Bafana".

No Mundial que será disputado na África do Sul de 11 de junho a 11 de julho, a equipe da casa integrará o Grupo A junto com México, Uruguai e França.

"O mais importante é concentrarmos em nossa prioridade, que é superar a fase de grupos. Acreditamos que podemos fazê-lo", disse o treinador brasileiro em entrevista ao site da Fifa (www.fifa.com), na qual acrescentou que a tarefa de passar às oitavas-de-final é similar a "escalar o Everest".

"Já disse que não será fácil, mas é preciso fazer um bom papel nesta competição, devemos mudar nosso modo de pensar e ter fé. Muita gente dirá que não vamos conseguir, mas não temos por que escutar tudo o que falam", destacou o treinador campeão mundial com o Brasil em 1994.

A África do Sul estreará em 11 de junho contra o México no estádio Soccer City de Johannesburgo, na partida inaugural da Copa.