17 de Abril de 2010 / às 13:47 / 7 anos atrás

Vettel consegue a pole position para a Red Bull na China

<p>Sebastian Vettel, piloto de F1 da Red Bull, comemorando consquista da pole position ap&oacute;s corrida clasificat&oacute;ria neste s&aacute;bado para o Grande Pr&ecirc;mio da China.Jason Lee</p>

Por Nick Mulvenney

XANGAI (Reuters) - Sebastian Vettel garantiu para a Red Bull a sua quarta pole position em quatro corridas neste sábado na classificação para o Grande Prêmio da China.

O piloto alemão registrou uma volta final de 1min34s558 para superar o seu companheiro de equipe Mark Webber e ficar com a sua terceira pole position no ano --a oitava em na sua carreira-- e o favoritismo para a prova em Xangai.

"Foi uma volta fantástica", disse o piloto de 22 anos. "É a quarta pole consecutiva da Red Bull, nós provamos que temos um carro muito rápido. Mas a prova é amanhã, pode chover..."

Vettel ficou à frente do australiano Webber na dobradinha da Red Bull na última corrida na Malásia. Na prova de Xangai, no ano passado, choveu e a equipe também conseguiu as duas primeiras posições no Grande Prêmio.

Se vencer a prova de domingo, o piloto alemão assume a liderança do campeonato. Mas, para isso acontecer, Vettel precisa quebrar uma tradição: nenhum dos pilotos que largou na primeira posição nas últimas cinco corridas conseguiu vencer.

"Foi uma boa batalha entre nós dois", disse Webber, que largou na pole na Malásia, mas foi ultrapassado por Vettel no início da prova. "Foi uma ótima volta do Seb e eu estava muito feliz com a minha. O time merece os créditos, estamos na frente novamente," acrescentou.

ALONSO EM TERCEIRO

O piloto espanhol Fernando Alonso foi o terceiro mais rápido nos treinos e larga ao lado do alemão Nico Rosberg, da Mercedes, que novamente conseguiu ser mais rápido do que o companheiro de equipe Michael Schumacher, que larga na segunda metade do grid.

"Demos o máximo no treino. Espero que, na corrida, o nosso desempenho seja melhor", disse Alonso, que largou em terceiro nas duas primeiras corridas da temporada e conseguiu vencer no Bahrain. "No momento, esse é o máximo que conseguimos atingir", acrescentou.

O britânico Lewis Hamilton liderou boa parte do treino, mas não conseguiu evitar voltas mais rápidas dos rivais e larga em quarto. Ao seu lado, o companheiro de McLaren Jenson Button, é o quinto.

"Nós estamos indo muito bem. Foi fácil liderar, mas não entendi o que deu errado com o carro nas últimas voltas. Não consegui melhorar meu tempo, acho que estava no limite", disse Hamilton.

O atual líder do campeonato, o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, foi o sétimo mais rápido e larga a frente de Robert Kubica, da Renault, que larga à frente de Michael Schumacher, da Mercedes, que ficou com a nona colocação.

Em um dia frio, mas ensolarado em Xangai, não houve a possibilidade de chuva torrencial que prejudicou muito os treinos da McLaren e da Ferrari para a prova na Malásia. A previsão do tempo, no entanto, prevê chuva no domingo.

"A corrida de amanhã pode ser decida pelo tempo. Nesse tipo de prova, qualquer um pode vencer", disse Alonso.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below