Arsenal é surpreendido por reação do Wigan no final

domingo, 18 de abril de 2010 15:08 BRT
 

Por Mike Collett

LONDRES (Reuters) - As parcas esperanças de o Arsenal conquistar o título da liga inglesa por fim se encerraram diante do Wigan Athletic, que marcou três gols nos últimos dez minutos e garantiu uma vitória dramática de 3 x 2 neste domingo.

O Arsenal, ajudado pela derrota do Chelsea para o Tottenham Hotspur no sábado, parecia rumo à vitória com os gols de Theo Walcott e Mikael Silvestre em cada uma das etapas da partida.

Mas Ben Watson, Titus Bramble e Charles N'Zogbia conferiram para o Wigan e viraram o jogo de ponta-cabeça, dando ao time sua primeira vitória sobre o time do técnico Arsene Wenger no Campeonato Inglês.

"É a derrota mais decepcionante da temporada, e a maneira como a entregamos foi o mais desapontador"," disse Wenger ao canal de TV Sky Sports.

"É difícil entender e aceitar, talvez os jogadores tenham ficado muito à vontade, mas no futebol você tem que se concentrar os 90 minutos e fomos punidos. Cometemos erros e eles aproveitaram, foram mais hábeis na parte final do jogo."

O Wigan já havia batido o Chelsea e o Liverpool em casa nesta temporada, mas o capitão Mario Melchiot disse que foi a maior vitória de sua equipe na atual campanha.

"Fiquei muito feliz quando marcamos o gol da vitória, porque precisávamos dos pontos", disse ele. "É um grande resultado, muito bom para o moral do time."

O resultado deixou o Wigan com 35 pontos, sete acima do Hull City, e virtualmente garantiu sua sobrevivência na primeira divisão inglesa por mais uma temporada.

O Arsenal, que teria ficado a três pontos do líder Chelsea com um êxito, permanece em terceiro em 71 pontos, seis atrás do Chelsea e cinco abaixo do Manchester United com somente três partidas adiante.

 
<p>Bendtner reage ap&oacute;s jogo contra o Wigan. As parcas esperan&ccedil;as de o Arsenal conquistar o t&iacute;tulo da liga inglesa por fim se encerraram diante do Wigan Athletic, que marcou tr&ecirc;s gols nos &uacute;ltimos dez minutos e garantiu uma vit&oacute;ria dram&aacute;tica de 3 x 2 neste domingo.18/04/2010.REUTERS/Nigel Roddis</p>