23 de Abril de 2010 / às 22:06 / em 7 anos

Ouro colombiano brilhará na mão do melhor da Copa

Por Luis Jaime Acosta

BUCARAMANGA, Colômbia (Reuters) - Lionel Messi e Cristiano Ronaldo estão entre os favoritos para terminarem a Copa usando um anel de ouro branco colombiano, que será dado ao melhor jogador do torneio na África do Sul.

A Colômbia não se classificou para a Copa, mas suas famosas esmeraldas farão parte da festa, já que um joalheiro local adquiriu o direito de produzir 2.010 anéis oficiais do evento e vendê-los na África do Sul, com aval da Fifa.

O preço vai variar de 2.500 a 250 mil dólares, e os modelos exibem bolas de futebol, estádios e bandeiras dos 32 países participantes.

Numa casa transformada em ateliê, Enrique Vásquez é um dos 270 joalheiros de Bucaramanga, no norte da Colômbia, que se apressam para concluir as peças antes do início da competição, em 11 de junho. Mas não pode deixar que a pressa atrapalhe o seu trabalho de colocar pequenas esmeraldas nos anéis de platina, ouro e prata.

Com lupas nos olhos, ele usa pinças especiais para depositar lentamente uma pedra após a outra, num anel que será coroado por uma volumosa bola de futebol incrustada de diamantes.

“Nossa experiência com anos de joalheria permite um produto de primeira classe. Mas há muitos parâmetros a atender”, disse o artesão, antes de colocar outra esmeralda na peça.

O mentor da operação é Carlos Sotelo, 40 anos, que teve a ideia vendo os anéis dados às equipes que vencem o Superbowl (maior evento do futebol americano) e o campeonato de basquete dos EUA.

“Eu quis fazer um anel especial, um superanel, para a Fifa”, disse ele à Reuters. A Colômbia, rica em ouro e esmeraldas, tem uma forte tradição joalheira.

Nos últimos quatro anos, ele fez várias viagens à sede da Fifa, na Suíça, para obter autorização oficial, mas não diz quanto pagou pelos direitos.

As outras atrações colombianas na Copa serão os cantores Shakira e Juanes, no show de abertura.

Sotelo vai oferecer 1.970 anéis de ouro, prata e quatro esmeraldas, por 2.500 dólares; 33 anéis de ouro branco, com 36 esmeraldas e diamantes sul-africanos, por 70 mil dólares; e 7 anéis de platina com 220 esmeraldas cada, a 250 mil dólares.

“Se o mercado for suficientemente forte haverá uma segunda e terceira coleções”, disse Sotelo.

Um dos sete anéis de platina será doado à Fifa, e um anel de ouro será entregue ao Unicef, em reconhecimento ao trabalho que a agência da ONU faz por crianças deficientes.

Outro anel de ouro será presenteado ao jogador escolhido como craque da Copa - em que o argentino Messi e o português Cristiano Ronaldo aparecem como favoritos.

Nas futuras Copas, Sotelo gostaria que os anéis fossem distribuídos também aos membros do time vencedor.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below