Para dirigente, seleção do Japão não empolga torcedores

sábado, 24 de abril de 2010 12:09 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - A seleção do Japão tem sido acusada pelo presidente honorário de sua federação de não conseguir animar a torcida antes da Copa do Mundo.

O ex-chefe da Associação de Futebol do Japão (AFJ) Saburo Kawabuchi pediu aos Samurais Azuis que empolguem os torcedores antes do início do torneio na África do Sul, em 11 de junho.

"A razão para que não haja nenhum entusiasmo com a Copa do Mundo é que o Japão falhou em nos apresentar atuações decentes", disse neste sábado o dirigente de 73 anos ao jornal Sankei Sports.

"Em seus últimos três jogos antes da Copa do Mundo, o time tem de fazer algo para mostrar à Nação de que é capaz de se apresentar bem no torneio. É isso que está faltando."

A AFJ teve dificuldades para vender ingressos para os jogos do Japão este ano e a seleção de Takeshi Okada saiu frequentemente vaiada de campo.

Os profissionais da AFJ e os jogadores de Okada foram menos do que solidários quando o técnico declarou que o objetivo do time é alcançar a semifinal na África do Sul.

Kawabuchi se juntou ao ex-capitão da seleção japonesa Hidetoshi Nakata na chegada do troféu da Copa a Tóquio, na sexta-feira.

Perguntado sobre as chances do Japão no Mundial este ano, Kawabuchi brincou: "Acredito que vamos apenas participar este ano. Estamos apenas interessados em ficar entre os quatro melhores".

O Japão está no Grupo E da Copa do Mundo ao lado de Holanda, Camarões e Dinamarca.

(Reportagem de Alastair Himmer)