April 25, 2010 / 6:50 PM / 7 years ago

Chelsea bate Stoke por 7 x 0 e retoma liderança

3 Min, DE LEITURA

<p>Jogadores do Chelsea comemoram primeiro gol contra o Stoke City na partida pelo Campeonato Ingl&ecirc;s, em Londres, 25 de abril de 2010. O Chelsea voltou com for&ccedil;a &agrave; lideran&ccedil;a do Campeonato Ingl&ecirc;s e conquistou uma valiosa diferen&ccedil;a de gols passando por cima do Stoke City na vit&oacute;ria de 7 x 0 deste domingo.Dylan Martinez</p>

Por Mitch Phillips

LONDRES (Reuters) - O Chelsea voltou com força à liderança do Campeonato Inglês e conquistou uma valiosa diferença de gols passando por cima do Stoke City na vitória de 7 x 0 deste domingo.

Três gols de Salomon Kalou, dois do meio-campista Frank Lampard, levando sua marca na atual temporada para 20 gols, e mais um de Daniel Sturridge e de Florent Malouda deixaram o Chelsea com 80 pontos, um acima do campeão Manchester United, que derrotou o Tottenham Hotspur por 3 x 1 no sábado.

O Chelsea, cuja visita ao Liverpool no dia 2 de maio promete ser decisiva, fez sete gols em três partidas nesta temporada e agora tem oito gols de vantagem diante do United, faltando dois jogos para cada um dos times.

Em outra impressionante mostra de superioridade, o time de Carlo Ancelotti brilhou em todos os lados do gramado e teve como peça chave --embora não tenha feito gols-- o centro-avante Didier Drogba, que participou da maioria dos gols.

Também no domingo, o Burnley perdeu de 4 x 0 para o Liverpool em casa e selou seu rebaixamento, o Aston Villa bateu o Birmingham City por 1 x 0 na luta pela quarta colocação, e o Everton derrotou o Fulham por 2 x 1 graças a um pênalti de Mikel Arteta já nos acréscimos.

O triunfo deu ao Liverpool uma possibilidade de lutar pela quarta vaga classificatória para a Liga dos Campeões da Europa.

O Villa continuou dando trabalho ao conseguir neste domingo uma importante vitória de 1 x 0 em casa sobre o Birmingham City, graças a um pênalti de James Milner.

Por sua parte, o Tottenham tropeçou no sábado mas tem uma partida a menos, assim como o Manchester City.

O Burnley, promovido na temporada passada depois de 33 anos de ausência na primeira divisão, surpreendeu a todos no início do torneio com vitórias impressionantes sobre o Manchester United e o Everton.

A equipe manteve boas atuações em seu próprio estádio, mas seu rendimento fora de casa foi paupérrimo e a condenou.

O Hull City, que no sábado perdeu de 1 x 0 como local frente ao Sunderland, se converterá no terceiro rebaixado --o primeiro foi o lanterna Portsmouth-- a menos que aconteça um milagre matemático nos últimos jogos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below