Bolívia será sede da Copa América de 2015, diz Evo Morales

terça-feira, 27 de abril de 2010 21:39 BRT
 

LA PAZ (Reuters) - A Bolívia organizará a Copa América de 2015 se o Brasil não for a sede do torneio, disse nesta terça-feira o presidente boliviano, Evo Morales, numa declaração que deixa em suspenso a intenção do Chile de receber o campeonato.

Segundo o cronograma, a competição de 2015 deveria ser disputada no Brasil, mas o país deve desistir porque um ano antes será sede da Copa do Mundo e em 2016 receberá os Jogos Olímpicos.

"Daqui a três ou quatro anos receberemos eventos internacionais. As Olimpíadas, os (Jogos) Odesur, a Copa do Mundo e o campeonato da Copa América que será na Bolívia em 2015", disse Morales em um evento esportivo.

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) se reunirá nesta semana em Assunção para definir se o Brasil se mantém como sede da Copa América de 2015.

O Chile havia mostrado interesse em organizar o torneio de 2015 e tinha recebido apoio do Brasil, porém o terremoto que assolou o centro e sul do país no fim de fevereiro pode mudar estes planos.

Desde 1987, a sede da Copa América se divide entre as 10 associações nacionais que integram a Conmebol. O Brasil organizou sua última Copa América em 1989. A edição seguinte aconteceu no Chile, por isso esperava-se que a mudança de sede ocorresse neste sentido.

(Reportagem de Diego Oré)