Amauri não é convocado pela Itália e pode ficar fora da Copa

domingo, 2 de maio de 2010 15:41 BRT
 

MILÃO (Reuters) - A esperança de Amauri, atacante da Juventus nascido no Brasil e naturalizado italiano, de jogar a Copa do Mundo parece ter acabado após o jogador não ter sido chamado para uma lista prévia da seleção italiana neste domingo.

O centro-avante, de 29 anos, nunca foi convocado para jogar pelo Brasil e foi forçado pelo seu time a recusar uma convocação brasileira no ano passado. Ele conseguiu a cidadania italiana mês passado, após uma batalha burocrática que durou meses.

O técnico da seleção da Itália, Marcello Lippi, garantiu que daria uma chance para Amauri quando ele conseguisse a cidadania, mas a má fase do jogador para a Juventus pode ter acabado com as suas chances.

Os jogadores da Roma e da Inter de Milão não entraram no selecionado de 29 jogadores por conta da final da Copa da Itália que acontece na próxima quarta.

Francesco Totti não foi incluído na lista assim como Luca Toni e Daniele De Rossi. Apesar de De Rossi estar garantido no time, Toni ainda precisa provar que está no melhor da sua forma para ter uma vaga.

Lippi não surpreendeu e convocou o meio-campista do Cagliari, Andrea Cossu, o defensor do Bari, Leonardo Bonucci, e o goleiro do Palermo, Salvatore Sirigu, que foram chamados pela primeira vez para o amistoso contra a seleção de Camarões que acabou em zero a zero.

O meia da Juventus, Antonio Candreva, e o defensor do Genoa, Salvatore Bocchetti, foram convocados novamente após voltarem de lesão.

A Juventus tem nove jogadores na seleção mesmo estando em sétimo no Campeonato Italiano e perdendo a vaga para a Liga dos Campeões.

Os atuais campeões do mundo, que enfrentam o Paraguai, a Nova Zelândia e a Eslováquia no Grupo F da Copa do Mundo, precisa diminuir o atual selecionado para 23 nomes até a competição.   Continuação...