Para Orlando Silva, resposta à crítica da Fifa é "mais trabalho"

segunda-feira, 3 de maio de 2010 22:04 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro do Esporte, Orlando Silva, comentou nesta segunda-feira as críticas do secretário-geral da Fifa sobre o atrasos do Brasil na preparação para a Copa do Mundo de 2014 e disse que a resposta a ser dada é "mais trabalho".

"O tema de arena, dos estádios, é um tema local, das cidades", disse o ministro a jornalistas após participar de evento em São Paulo.

"A resposta que pode e deve ser dada à Fifa é mais trabalho", afirmou. "As cidades têm compromissos assumidos com a Fifa, cronogramas assumidos com a Fifa e eu espero que as cidades apertem o passo e entreguem os estádios no prazo definido."

Os comentários foram uma reação às críticas da Fifa aos atrasos para o início das obras do torneio mundial no Brasil. A entidade declarou que "o sinal vermelho está aceso."

"É incrível como o Brasil está atrasado, e estou falando de todos os estádios. Vários prazos já foram descumpridos e nada aconteceu. O Brasil não está no caminho certo", disse o secretário-geral da entidade, Jerome Valcke.

"Este ano tem eleição presidencial, então quase nada vai acontecer. No ano que vem, tem o Carnaval. Então só vão começar tudo depois do Carnaval?", questionou.

Nesta segunda-feira expirou o prazo estabelecido pelo Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014 para o início das obras nos 12 estádios que receberão jogos do Mundial.