Hamilton diz que não ultrapassaria como Alonso fez com Massa

sexta-feira, 7 de maio de 2010 16:42 BRT
 

Por Alan Baldwin

BARCELONA (Reuters) - O piloto da McLaren Lewis Hamilton reacendeu o debate sobre direção agressiva na Fórmula 1 dizendo que não teria feito o que Fernando Alonso fez ao colega de equipe da Ferrari, Felipe Massa, na China no mês passado.

Bicampeão mundial que faz sua estreia em casa como piloto da Ferrari no Grande Prêmio Espanhol este fim de semana, Alonso ultrapassou Massa na entrada dos boxes na última corrida em Xangai.

Embora a Ferrari tenha minimizado o incidente e Massa tenha evitado a polêmica no Circuito da Catalunha, outros consideraram o fato como um movimento brusco típico do espanhol, ansioso para marcar sua autoridade sobre o novo colega de equipe.

Massa perdeu várias posições e a liderança geral do campeonato, enquanto Alonso terminou a corrida em quarto.

"Você está ali para competir com o outro, então na pista você corre e ultrapassa da forma mais limpa e profissional possível", disse Hamilton, ao ser questionado pela Reuters se ele teria feito o mesmo com o seu colega de equipe, o campeão mundial Jenson Button.

"Mas eu nunca fiz isso (que o Alonso fez) e definitivamente não é da minha natureza fazer o que ele fez", acrescentou o campeão de 2008, que foi colega de Alonso na McLaren em 2007, numa parceria difícil.

"Aquilo poderia ter prejudicado bastante Felipe. Ele poderia ter saído da corrida se tivesse ido longe. Isso não é algo que eu teria feito."

Hamilton, que tem sido acusado pelos rivais de direção agressiva nesta temporada, deixou claro que ele não estava acusando Alonso de fazer nada ilegal e que não é contra a direção ousada.

 
<p>Piloto da McLaren Lewis Hamilton se prepara para treinos do GP da Espanha de F1. REUTERS/Gustau Nacarino</p>