Webber conquista vitória tranquila para Red Bull na Espanha

domingo, 9 de maio de 2010 14:37 BRT
 

BARCELONA (Reuters) - O australiano Mark Webber venceu o Grande Prêmio da Espanha neste domingo após liderar de ponta a ponta a prova que é a mais previsível da Formula 1.

Pelo 10o ano consecutivo no circuito da Catalunha, o piloto que começou a prova na pole position terminou como vencedor. Depois de 66 voltas sob o sol catalão, Webber cruzou a linha de chegada com impressionantes 24 segundos na frente do segundo colocado, Fernando Alonso, da Ferrari.

"É um resultado fantástico e eu estou muito feliz", disse Webber após a terceira vitória na carreira.

O espanhol Alonso, que comemorava a primeira corrida em seu país natal pela equipe italiana, conquistou uma posição para alegria da torcida quando Lewis Hamilton, da McLaren, abandonou a prova na penúltima volta com problemas na suspensão.

Sebastian Vettel, também da Red Bull, que começou na primeira fila ao lado de Webber, terminou em terceiro apesar dos problemas que teve nos freios.

Logo após ficou o campeão mundial por sete vezes Michael Schumacher. A quarta posição obtida pelo alemão foi o melhor resultado desde que o piloto de 41 anos abandonou a aposentadoria. Jenson Button, da McLaren, não conseguiu passar o alemão e teve que se contentar com o quinto lugar.

Button, o companheiro de equipe de Hamilton e atual campeão do mundo, segue na liderança da temporada com 70 pontos sobre os 67 de Alonso com 5 corridas disputadas de 19.

O brasileiro da Ferrari, Felipe Massa, foi o sexto, enquanto o alemão Adrian Sutil ficou com o sétimo pela Force India e o polonês Robert Kubica ficou com a oitava posição.

A Williams conseguiu pontuar novamente com o brasileiro Rubens Barrichello terminando em nono e o jovem espanhol Jaime Alguersuari ficou com o último ponto para a Toro Rosso.

Webber é o quarto piloto diferente a vencer nas primeiras cinco corridas da temporada.

 
<p>Webber comemora vit&oacute;ria em Barcelona. O australiano Mark Webber venceu o Grande Pr&ecirc;mio da Espanha neste domingo ap&oacute;s liderar de ponta a ponta a prova que &eacute; a mais previs&iacute;vel da Formula 1.09/05/2010.REUTERS/Albert Gea</p>