Maradona diz que está há seis anos sem drogas

segunda-feira, 10 de maio de 2010 14:02 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O técnico da seleção argentina de futebol, Diego Maradona, confessou que está há seis anos sem consumir drogas e que deixou de lado seu vício depois de sua filha mais nova pedir que vivesse por ela.

Maradona, que sonha em ganhar como técnico o Mundial na África do Sul, depois de consegui-lo em 1986 como jogador, falou de sua vida privada e da difícil tarefa com a seleção em declarações feitas durante um programa da televisão argentina na noite de domingo.

"Faz dez dias que completei seis anos sem tomar drogas", disse Maradona no programa da atriz e apresentadora Susana Giménez.

"Quando estava na clínica em coma, com uma camisola à beira da morte, Dalma (sua filha mais velha) me contou que Giannina lhe disse chorando que não importava o que tivesse sido, que ela precisava de mim como pai", confessou Maradona.

"Aí tive um 'clique' e disse basta, cheguei até aqui", contou.

Maradona, de 49 anos, esteve à beira da morte em abril de 2004 por causa do consumo de drogas.

O técnico destacou por outro lado, que na terça-feira irá revelar a lista de 30 jogadores dos quais 23 serão eleitos para representar a Argentina no Mundial da África do Sul entre os dia 11 de junho e 11 de julho.

A Argentina, campeã mundial de 1978 e 1986, integra o grupo B junto com Nigéria, Coreia do Sul e Grécia.

(Reportagem de Luis Ampuero)

 
<p>Maradona aplaude durante jogo amistoso contra o Haiti. O t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o argentina confessou que est&aacute; h&aacute; seis anos sem consumir drogas e que deixou de lado seu v&iacute;cio depois de sua filha mais nova pedir que vivesse por ela. 05/05/2010 REUTERS/Marcos Brindicci</p>