Dunga convoca Grafite e deixa Adriano e Ronaldinho fora da Copa

terça-feira, 11 de maio de 2010 18:59 BRT
 

Por Pedro Fonseca

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil vai para a Copa do Mundo da África do Sul sem Ronaldinho, Adriano, Neymar e Ganso. O técnico Dunga não cedeu à pressão por jogadores ofensivos e decidiu, nesta terça-feira, manter a equipe que conquistou vitórias sob a marca de um futebol sem brilho.

Adriano, que foi titular no único amistoso do Brasil este ano, perdeu a vaga devido aos problemas extra-campo que lhe deixaram de fora de cerca de metade dos jogos do Flamengo no ano.

A jovem dupla do Santos Neymar, 18, e Paulo Henrique Ganso, 20, que encantaram o país no começo da temporada com um futebol ofensivo e eficiente, foram considerados inexperientes pelo treinador, que também não deu espaço para o retorno de Ronaldinho Gaúcho.

"Ser conservador desde o início deu resultado", afirmou Dunga a jornalistas, após a convocação dos 23 jogadores para a Copa, quando questionado sobre a falta de opções ofensivas em sua equipe.

"É um trabalho de três anos e meio... não se pode mudar tudo em 15 dias, esquecer tudo porque alguns querem", rebateu o treinador, numa entrevista coletiva marcada por respostas ríspidas por parte do técnico.

A principal surpresa na lista foi a exclusão de Adriano, que fez parte do trabalho do treinador desde o começo. O atacante acabou punido por seu comportamento fora de campo, principalmente pelo excesso de peso e as faltas a treinos do Flamengo.

O jogador, que também enfrentou problemas físicos antes da Copa de 2006, não conseguiu este ano dar continuidade à boa temporada que fez em 2009, quando foi artilheiro do Campeonato Brasileiro pelo Flamengo.

"(Ao) Adriano nós demos inúmeras oportunidades, inúmeras chances para se reverter uma certa situação, mas aí vem a questão do comprometimento. Chegou um momento em que a gente teve que tomar uma decisão pelo coletivo. É uma decisão do treinador", disse Dunga após anunciar os convocados.   Continuação...

 
<p>Grafite do Wolfsburg comemora gol contra o Schalke 04 durante jogo do Campeonato Alem&atilde;o em fevereiro. Grafite foi convocado para a sele&ccedil;&atilde;o brasileira que disputar&aacute; o Mundial na &Aacute;frica do Sul, enquanto Adriano ficou fora da lista do t&eacute;cnico Dunga. 21/02/2010 REUTERS/Ina Fassbender</p>