13 de Maio de 2010 / às 12:37 / 7 anos atrás

Alonso é o mais rápido no aniversário de 60 anos da F1

<p>Piloto Fernando Alonso da Ferrari realiza primeira sess&atilde;o de treino livre no Grande Pr&ecirc;mio de M&ocirc;naco. Alonso fez o melhor tempo no primeiro treino livre para o GP de M&ocirc;naco. 13/05/2010 REUTERS/Giampiero Sposito</p>

Por Alan Baldwin

MÔNACO (Reuters) - A Fórmula 1 comemorou seus 60 anos nesta quinta-feira, dia em que Fernando Alonso fez o melhor tempo nos treinos livres para o GP de Mônaco -- um resultado cheio de simbolismo, já que a Ferrari, equipe do espanhol, é a única escuderia presente na categoria desde a primeira temporada.

O bicampeão mundial dominou os dois treinos, com 1min15s927 na sessão da manhã e baixando mais de 1 segundo depois do almoço para marcar a melhor volta do dia: 1min14s904.

Sebastian Vettel, da Red Bull, fez o segundo melhor tempo da manhã, 0s073 atrás de Alonso, enquanto Nico Rosberg colocou a Mercedes em terceiro à tarde.

Apesar da presença de seis carros a mais do que no ano passado no apertado circuito de rua do principado, o treino transcorreu quase sem incidentes.

O australiano Mark Webber, que venceu o GP anterior, na Espanha, com a equipe Red Bull, ficou em quarto lugar na primeira parte mais caiu para 10o à tarde.

O brasileiro Felipe Massa, companheiro de Alonso na Ferrari, ficou em quarto no segundo treino, à frente do heptacampeão Michael Schumacher, da Mercedes.

Schumacher está de volta a Mônaco pela primeira vez desde 2006, quando largou em último por decisão dos comissários, que entenderam que ele havia impedido a ultrapassagem de rivais no treino classificatório.

Se Schumacher vencer no domingo em Mônaco, igualará o recorde de seis vitórias no principado, que pertence a Ayrton Senna.

O atual campeão Jenson Button, que venceu em Mônaco no ano passado pela Brawn, ficou em oitavo e nono, respectivamente, atrás de seu companheiro de McLaren Lewis Hamilton, o campeão de 2008.

Fiscais e bombeiros -- sempre os mais elegantes da F1, com suas sombrinhas espelhadas e capacetes vermelhos e dourados -- não tiveram muito trabalho na calorosa manhã mediterrânea.

O ruído dos motores só subiu mesmo após 20 minutos de treinos, quando veio a primeira volta rápida. Logo havia vários carros na pista, com os motores reverberando no famoso túnel do circuito.

O estreante indiano Karun Chandhok, da HRT, e o japonês Kamui Kobayashi, da Sauber, se enroscaram com os guardrails em pontos diferentes da pista.

A primeira corrida de um campeonato da Fórmula 1 foi o GP da Grã-Bretanha realizado em 13 de maio de 1950 em Silverstone. A Ferrari estreou uma semana depois, justamente em Mônaco.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below