Provocado por Mourinho, técnico do Roma ainda acredita em título

sábado, 15 de maio de 2010 17:26 BRT
 

ROMA (Reuters) - O treinador do Roma Claudio Ranieri invocou o espírito dos gladiadores romanos e entrou em uma batalha verbal com Jose Mourinho neste sábado na última tentativa de roubar o título do Campeonato Italiano das mãos da Inter de Milão.

Os líderes, que estão dois pontos acima do Roma, enfrentam o Siena no domingo, enquanto os rivais da capital enfrentam o Chievo.

O treinador da Inter Jose Mourinho segue a sua maneira tradicional de ser e está provocando o Roma nas últimas semanas, fazendo piadas e acusando de maneira irônica que o time romano pagaria o Siena pela vitória contra a Inter.

Ranieri se mostrou pouco impressionado com os comentários do técnico que o sucedeu no Chelsea e que, segundo reportagens, estaria rumando para o Real Madrid.

"Eu estou claramente no centro das preocupações dele, já que ele não para de falar de mim. Honestamente, eu não me preocupo com o que ele pensa ou fala. Ele me entedia," disse Ranieri em coletiva de imprensa. "Nós ainda temos muita energia e queremos agradar os nossos fãs - eles são os verdadeiros gladiadores. Nós queremos dar aos nossos fãs um último triunfo," acrescentou.

Mourinho, cujo time enfrenta o Bayern de Munique na final da Copa dos Campeões, reagiu ironicamente.

"O tédio de Ranieri? O que é o tédio de Ranieri?," perguntou o português em nota oficial. "Eu sou educado e só conheço a 'A Náusea', de Jean-Paul Sartre, um filósofo, vencedor do Nobel, mas também um grande fã de futebol."