16 de Maio de 2010 / às 21:13 / 7 anos atrás

Schumacher é punido novamente em Mônaco

<p>Michael Schumacher realiza curva na terceira sess&atilde;o de treino livro do GP de M&ocirc;naco da F&oacute;rmula 1. Schumacher reviveu velhas mem&oacute;rias pelas raz&otilde;es erradas neste domingo ao perder o sexto lugar por uma ultrapassagem ilegal sobre Fernando Alonso, da Ferrari, na &uacute;ltima curva do GP de M&ocirc;naco. 15/05/2010Max Rossi</p>

Por Alan Baldwin

MÔNACO (Reuters) - Michael Schumacher reviveu velhas memórias pelas razões erradas neste domingo ao perder o sexto lugar por uma ultrapassagem ilegal sobre Fernando Alonso, da Ferrari, na última curva do GP de Mônaco de Fórmula 1.

Correndo no principado pela primeira vez desde 2006, quando ele foi tirado da pole position e mandado para o final do grid, o comportamento do heptacampeão mundial mais uma vez foi tema de uma averiguação dos fiscais.

Desta vez, o grupo tem como integrante um antigo rival do alemão, o britânico Damon Hill, campeão mundial de 1996, mas o veredicto foi o mesmo. Schumacher, que voltou à categoria esta temporada aos 41 anos e depois de três anos fora das pistas de F1, foi considerado errado.

Depois de longas deliberações, um anúncio foi feito duas horas e meia depois de a corrida ter terminado e os fiscais impuseram uma punição com uma passagem pelo box que foi convertida em 20 segundos que foram acrescentados ao seu tempo final de prova.

Isso foi suficiente para Schumacher --pelo menos até sair o resultado da apelação da Mercedes que foi entregue imediatamente após o veredicto-- sair da zona de pontuação e cair para o 12o lugar, deixando Alonso na sexta colocação.

O espanhol agora está em terceiro no campeonato, três pontos atrás de Mark Webber e Sebastian Vettel, ambos da Red Bull.

CURVA RASCASSE

Schumacher ultrapassou Alonso pouco depois de o safety car, que entrou na pista após um acidente na lenta curva Rascasse, ter deixado o trajeto com apenas uma curva restando entre os pilotos e a bandeira quadriculada.

"Minha equipe me disse para não ultrapassar na última volta," disse Alonso, que estava bem atrás da McLaren de Lewis Hamilton naquele momento.

"Eles disseram que o safety car poderia entrar no box, mas isso não significava que eu poderia ultrapassar alguém."

"Eu vi que Lewis estava muito lento na última volta, então, perguntei ao time novamente se eles tinham certeza de que não poderia ultrapassá-lo, então, quando vi Michael fiquei muito surpreso."

Foi na Rascasse, quase 50 metros abaixo de onde Schumacher fez a ultrapassagem no domingo, que o alemão causou um tumulto no treino classificatório em 2006. Então, como piloto da Ferrari, ele bloqueou a pista propositalmente no final da sessão para impedir que Alonso conquistasse a pole.

Alonso começou aquela corrida na pole position com a Renault depois que os fiscais puniram Schumacher mandando-o para o último lugar do grid.

O espanhol começou a prova deste domingo largando do box depois de bater sua Ferrari na última sessão de treinos livres.

"Eu recebi a informação de que a pista estava livre," disse Schumacher aos repórteres. "A escuderia me disse pelo rádio que o safety car havia passado a linha um e que eu tinha permissão para ultrapassar. A linha é bem em frente da entrada para as garagens."

"O ponto do acidente estava livre, os carros estavam andando normalmente, então, não vejo nenhuma razão pela qual ultrapassagens não pudessem ser permitidas," finalizou o heptacampeão.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below