Boateng se desculpa por contusão de Ballack

terça-feira, 18 de maio de 2010 13:59 BRT
 

Por Karolos Grohmann

MUNIQUE (Reuters) - O novo "inimigo público número um" da Alemanha Kevin-Prince Boateng se desculpou nesta terça-feira por ter tirado da Copa do Mundo o capitão da seleção alemã, Michael Ballack, com uma falta violenta.

"Me desculpe. Não foi intencional. Eu entrei muito tarde e o impacto foi total. Parece bem estúpido", disse o jogador ganês-alemão à versão online do jornal Bild.

O pedido de desculpas três dias depois da falta cometida na final da FA Cup entre o Portsmouth, de Boateng, e o Chelsea, de Ballack, teve pouco efeito para diminuir a raiva do público alemão contra Boateng.

O meio-campista de 33 anos do Chelsea sofreu a lesão na primeira metade do jogo de sábado e saiu de campo mancando após um carrinho violento de Boateng. O Chelsea venceu o jogo por 1 x 0.

Os fãs expressaram a raiva em dezenas de sites na Internet, chamando Boateng de "inimigo público número um"; e criando salas de bate-papo chamadas "'82 milhões contra Boateng" ou "Grupo Anti-Boateng".

Boateng, filho de pai ganês e mãe alemã, tem tido uma relação conturbada com os fãs alemães desde que jogou no Hertha Berlin.

Ele é também um parente distante do herói alemão do futebol, Helmut Rahn, que marcou o gol da vitória pela Alemanha na Copa do Mundo de 1954 contra a Hungria.

A ironia é que o meia de 23 anos, nascido em Berlim, que também jogou no Tottenham Hotspur, participará da Copa do Mundo jogando por Gana, enquanto seu meio-irmão Jerome está na lista preliminar de jogadores da seleção alemã para o torneio que ocorre entre 11 de junho e 11 de julho.   Continuação...

 
<p>Michael Ballack (esq) do Chelsea &eacute; derrubado por falta de Kevin-Prince Boateng do Portsmouth durante a final do FA Cup em Londres. O novo "inimigo p&uacute;blico n&uacute;mero um" da Alemanha Boateng se desculpou nesta ter&ccedil;a-feira por ter tirado da Copa do Mundo o capit&atilde;o da sele&ccedil;&atilde;o alem&atilde; Ballack. 15/05/2010 REUTERS/Jim Keogh</p>