Polícia sul-africana está preparada para ameaças, diz ministro

quarta-feira, 19 de maio de 2010 13:04 BRT
 

JOHANESBURGO (Reuters) - A polícia sul-africana vai garantir a segurança de todos os torcedores e times estrangeiros que vão participar da Copa do Mundo, disse nesta quarta-feira o vice-ministro da Polícia Fikile Mbalula.

Forças de segurança do Iraque prenderam um integrante saudita da Al Qaeda que, segunda uma autoridade local, estaria envolvido em uma conspiração para atacar a Copa, que acontece entre 11 de junho e 11 de julho.

Mbalula não informou se as autoridades sul-africanas tinham conhecimento da ameaça, mas falou que a polícia lida diariamente com ameaças desse tipo.

"Estamos preparados para qualquer eventualidade", disse o vice-ministro na Talk Radio 702.

"Precisamos da cooperação de todos com as agências policiais. A visibilidade da polícia será máxima. Cada jogador, cada pessoa que estiver aqui estará protegido."

A segurança e a criminalidade têm sido uma das maiores preocupações da fase que antecede o início da Copa, devido ao alto índice de criminalidade violenta na África do Sul. Ocorrem 50 homicídios por dia no país, quase o mesmo número que nos Estados Unidos, cuja população é seis vezes maior.

A criminalidade é um dos fatores aos quais é atribuído o número menor que o previsto de torcedores estrangeiros que devem assistir à Copa.

(Reportagem de Phumza Macanda)