Ciclista Landis admite doping e acusa Armstrong

quinta-feira, 20 de maio de 2010 21:26 BRT
 

Por Julian Linden

NOVA YORK (Reuters) - O ciclista norte-americano Floyd Landis confessou nesta quinta-feira ter consumido drogas para melhorar seu rendimento e acusou alguns dos nomes mais importantes do esporte, incluindo Lance Armstrong, de fazer uso de doping.

Armstrong, sete vezes campeão da Volta da França, disse que a afirmação é mentirosa. "Não temos nada a esconder. Não temos que fugir de nada", disse ele aos repórteres.

Landis, que perdeu seu título da Volta da França em 2006 após ter sido flagrado em exame antidoping, sempre manifestou inocência, mas disse que finalmente queria abrir o jogo.

"Quero limpar minha consciência", disse o corredor de 34 anos à ESPN depois de ter confessado em uma série de e-mails.

Nos e-mails que a Reuters teve acesso, que Landis disse ter enviado à federação de seu país e à União Internacional de Ciclismo (UCI), ele deu detalhes sobre uma variedade de drogas que consumiu durante uma prova e também acerca de quem fornecia.

Landis disse ainda que foi testemunha de que outros ciclistas de primeiro nível também consumiram drogas para melhorar o rendimento, inclusive seu ex-companheiro de equipe e compatriota Armstrong.

Armstrong nunca apresentou teste antidoping positivo.