May 21, 2010 / 7:48 PM / 7 years ago

Seleção vê com bons olhos temporada de Kaká com poucos jogos

4 Min, DE LEITURA

<p>Kak&aacute;, que este ano sofreu com les&otilde;es, participa de jogo da sele&ccedil;&atilde;o brasileira contra a Inglaterra, em novembro do ano passado. 14/11/09Eddie Keogh</p>

Por Pedro Fonseca

CURITIBA (Reuters) - A preocupação com a condição física de Kaká para a Copa do Mundo, após uma temporada marcada por lesões no Real Madrid, transformou-se em um ponto positivo no início da preparação da seleção brasileira para o Mundial da África do Sul, nesta sexta-feira.

O meia, que passou seis semanas sem jogar entre março e abril com uma lesão no púbis e também desfalcou o Real no final da temporada com uma lesão muscular na coxa esquerda, estará treinando normalmente com o restante da seleção na próxima semana, de acordo com a equipe médica brasileira.

O jogador foi o primeiro a apresentar-se no centro de treinamento utilizado pela seleção em Curitiba, na noite de quinta-feira, e as avaliações físicas e médicas iniciadas nesta sexta apontaram que ele estará em totais condições no Mundial.

"O Kaká não tem absolutamente nada que nos preocupe com relação ao púbis. O que ele tem é um edema no músculo adutor da coxa esquerda, mas também vai evoluir de forma que na próxima semana ele estará treinando normalmente junto com os outros atletas", disse a jornalistas o chefe médico da seleção, José Luiz Runco.

Se antes os problemas físicos do principal jogador criativo da seleção eram motivo de preocupação, agora o fato de Kaká ter realizado menos jogos durante a temporada é visto como positivo, uma vez que o desgaste do jogador foi menor.

De acordo com dados do site do Real Madrid, Kaká atuou durante 1.878 minutos em 33 partidas. Em comparação, o goleiro Iker Casillas atuou por 3.585 minutos, em 46 partidas, e o atacante português Crisitano Ronaldo, que será adversário do Brasil no dia 25 de junho na Copa, jogou por 2.579 minutos, em 35 partidas.

"O atleta ... não ter jogado muito na temporada do seu cube é uma situação benéfica para a seleção, porque ele vem com um desgaste menor", afirmou o preparador físico Paulo Paixão. "Dentro das nossas convicções, nós temos certeza que o trabalho terá um efeito final bom, e ele (Kaká) não tem o desgaste dos outros."

Dentre os 23 convocados pelo técnico Dunga para a Copa do Mundo, apenas o trio da Inter de Milão Julio César, Maicon e Lúcio -- que disputam a final da Liga dos Campeões no sábado contra o Bayern de Munique -- não se apresenta nesta sexta-feira para começar as avaliações físicas e médicas.

De acordo com o departamento médico brasileiro, não existe qualquer preocupação com as condições dos atletas, apesar de a maioria ter tido uma desgastante temporada na Europa.

"Numa primeira amostragem, as coisas parecem bastante boas. Os atletas não têm nenhuma patologia que nos deixe mais preocupados. É uma situação bastante confortável," afirmou Runco. Segundo ele, o atacante Luis Fabiano, que apresentou-se com uma pequena contratura muscular, está se recuperando bem e também vai treinar com o restante da equipe na próxima semana.

A programação para o período de treinamentos em Curitiba até o dia 26 de maio, quando a seleção embarcará para a África do Sul -- com escala em Brasília para ser recebida pelo presidente Lula - prevê o início das atividades em campo no domingo.

O trabalho com bola deve ficar apenas para Johanesburgo, onde a seleção ficará concentrada no Mundial.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below