Inglaterra precisa de dois gols contra para vencer o Japão

domingo, 30 de maio de 2010 16:13 BRT
 

GRAZ, Áustria (Reuters) - A Inglaterra precisou de dois gols contra para virar o placar e vencer o Japão por 2 x 1 no domingo, no último amistoso antes da Copa do Mundo.

Em uma partida que teve um pênalti perdido por Frank Lampard, o técnico Fabio Capello fez a sua última experiência para definir quais serão os sete jogadores eliminados da lista preliminar de 30 jogadores.

O italiano experimentou uma nova formação com Wayne Rooney jogando sozinho no ataque com apoio de Joe Cole, mas logo voltou à formação tradicional de 4-4-2.

De qualquer maneira, nenhuma das estratégias deu resultado. Mas os defensores japoneses Tulio Tanaka e Yuji Nakazawa marcaram contra no segundo tempo para virar o placar aberto por Túlio no início do primeiro tempo para o Japão.

O Japão, que viu o seu técnico Takeshi Okada oferecendo o seu cargo após a derrota para a Coreia do Sul, fez uma boa partida e lutou o jogo inteiro, além de ver o goleiro inglês Joe Hart jogar bem para garantir o resultado.

Já a Inglaterra, que jogou bem na vitória sobre o México na última segunda, foi lenta e permitiu que o brasileiro naturalizado Túlio marcasse da entrada da área para o Japão.

Capello disse após a partida que já decidiu quais serão os jogadores cortados. Ele deu mais tempo ao meia Gareth Barry para se recuperar de lesão no tornozelo, mas jogadores como Michael Dawson, Stephen Warnock e Scott Parker, que não participaram dos dois últimos amistosos, não devem fazer parte da lista final.

"Sei quem são os meus 23 jogadores. Sobre o jogo de hoje, estou satisfeito com o segundo tempo. No primeiro fomos muito lentos e facilitamos o jogo para o Japão", disse Capello para a ITV.