June 3, 2010 / 5:34 PM / in 7 years

Brasil faz treino aberto em Soweto, torcida vai embora cedo

5 Min, DE LEITURA

<p>Os jogadores da sele&ccedil;&atilde;o brasileira de futebol acenam para o p&uacute;blico antes do primeiro treino aberto na &Aacute;frica do Sul, no est&aacute;dio Dopsonville, que fica no hist&oacute;rico bairro de Soweto, em Johanesburgo. 03/06/2010Paulo Whitaker</p>

Por Pedro Fonseca

JOHANESBURGO (Reuters) - O primeiro treino aberto ao público da seleção brasileira na África do Sul atraiu milhares de torcedores a um estádio no histórico bairro de Soweto, mas a imensa maioria da torcida saiu enquanto os jogadores ainda estavam em ação dentro de campo.

Dez mil ingressos foram distribuídos pela Fifa para o primeiro treino aberto de uma das 32 seleções que vão disputar o Mundial, e essa foi provavelmente a única prática brasileira com os portões abertos, de acordo com o técnico Dunga.

No estádio Dobsonville, a seleção foi saudada por uma multidão de moradores de Soweto, o centro da resistência negra durante o regime de segregação racial do apartheid, que hoje é habitado por uma minoria de classe-média ao lado da população mais pobre de Johanesburgo.

Mas a empolgação inicial, embalada ao som das vuvulezas e canções e coreografias típicas dos estádios de futebol sul-africanos, não durou muito tempo, e os torcedores deixaram as arquibancadas praticamente vazias antes do fim do treino.

"Estava chato, a gente queria ter tirado fotos com eles," reclamou a estudante Amanda Phophi, de 16 anos, que junto com um grupo de amigas deixou o estádio 40 minutos antes do fim do treino da seleção. "Foi bom ver os jogadores, mas não teve a animação que as pessoas esperavam."

O treino aberto ao público é uma determinação da Fifa para os 32 times da Copa, e serão realizados em sua maioria em regiões pobres da África do Sul para levar o Mundial à população menos favorecida, que provavelmente não poderá assistir às partidas ao vivo.

LEMBRANÇA DE WEGGIS

O técnico Dunga disse que a seleção não deve voltar a realizar treinos com os portões abertos, uma vez que a obrigação com a Fifa já foi cumprida. De acordo com o treinador, a presença do torcedor atrapalha o desempenho dos jogadores nos treinamentos.

"Gostaria que a torcida estivesse sempre com a gente, mas a gente precisa trabalhar, repetir jogada. Se tiver muita gente ao redor, muito comentário, de uma certa maneira o jogador começa a não arriscar muito, e a grande qualidade do jogador brasileiro é arriscar as jogadas," disse o treinador, em entrevista coletiva antes do treino.

Durante os seis primeiros dias de preparação do Brasil, em Curitiba, a seleção fez apenas dois treinos com a presença da torcida brasileira, e o treinador voltou a citar os problemas da preparação em Weggis antes da Copa do Mundo de 2006 para justificar o isolamento da seleção.

"Para mim, todos os treinamentos poderiam ser abertos, tem o calor do público, mas as experiências do passado, tudo que foi apontado em Weggis, temos que nos prevenir de algumas situações," disse Dunga, referindo-se à cidade suíça onde a seleção fez quase todos os treinos com presença do público e até shows antes da derrota na Copa da Alemanha.

No treino desta quinta-feira, um dia após a vitória por 3 x 0 sobre o Zimbábue em Harare, os jogadores que foram titulares no amistoso fizeram um trabalho de recuperação física, enquanto o restante da equipe trabalhou passes e finalização em campo reduzido.

O goleiro Julio César ficou de fora para ser submetido a fisioterapia após ter sido substituído no primeiro tempo do amistoso com dores nas costas. Já o zagueiro Juan, poupado em Harare, treinou normalmente.

Na sexta-feira a seleção vai treinar em dois períodos na Randburg High School, seu local oficial de treinamentos onde o público não tem acesso. A seleção fará seu último amistoso de aquecimento para a Copa contra a Tanzânia, na segunda-feira.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below