FIFA divulgará mensagens de prevenção ao HIV durante a Copa

sábado, 5 de junho de 2010 12:48 BRT
 

JOHANESBURGO (Reuters) - A Fifa vai exibir anúncios de preservativos e mensagens educativas sobre o HIV durante a Copa do Mundo na África do Sul, país que tem uma das maiores taxas mundiais de infectados por AIDS.

A principal entidade do futebol mundial emitiu um comunicado no sábado negando relatos da imprensa local de que teria bloqueado os esforços do governo Sul-Africano em distribuir milhões de preservativos e difundir informação sobre o HIV durante a competição de futebol que começa em 11 de junho.

A Fifa afirmou que teria estimulado as nove cidades-sede a instalar áreas médicas nos "fan parks", espaços onde os torcedores se reúnem para assistir aos jogos em telões, onde preservativos serão distribuídos gratuitamente junto com protetor solar e medicamentos básicos.

Além disso, disse a Fifa, mensagens de prevenção ao HIV e anúncios de preservativos serão transmitidos nos telões durante a exibição dos jogos.

A África do Sul, com pelo menos 5,7 milhões de casos de infecção em uma população de 50 milhões de habitantes, tem o maior número de casos de HIV do mundo. A doença mata cerca de 1.000 pessoas por dia no país.

A FIFA também irá realizar uma edição do torneio "Futebol pela Esperança" no município de Alexandra durante a Copa do Mundo, onde 32 equipes irão competir.

As equipes de meninos e meninas foram escolhidas por organizações que utilizam o futebol para combater os problemas sociais, incluindo o HIV, em vários países.

(Reportagem de Barry Moody)