Titulares passam em branco de novo em coletivo; perdem por 1 x 0

sábado, 5 de junho de 2010 13:09 BRT
 

Por Pedro Fonseca

JOHANESBURGO (Reuters) - O ataque titular da seleção brasileira completou neste sábado o terceiro treino coletivo consecutivo sem marcar um gol sequer contra a defesa reserva, numa prática em que a equipe principal foi derrotada por 1 x 0.

O atacante Grafite aproveitou uma falha grosseira do goleiro Gomes na saída de bola para marcar o único gol do coletivo. O goleiro do Tottenham foi escalado na equipe titular substituindo Julio César, que treinou em separado após passar dois dias sendo submetido a fisioterapia para uma lesão nas costas.

Nas outras posições a equipe foi a mesma dos outros treinos coletivos realizados em Johanesburgo: Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos; Felipe Melo, Gilberto Silva, Elano e Kaká; Robinho e Luis Fabiano.

O lateral-esquerdo Michel Bastos, que abandonou o treino tático de sexta-feira com uma torção no tornozelo direito, treinou normalmente e não mostrou qualquer sinal da contusão.

Em quase uma hora de treino, os titulares tiveram dificuldades para criar jogadas de ataque, com Maicon apagado pela direita e Michel Bastos errando as jogadas que tentava do outro lado. A única chance de gol da equipe surgiu num chute de fora da área de Elano, defendido com elasticidade pelo goleiro Doni.

O meia Kaká, principal homem de criação da equipe, movimentou-se bastante mas não conseguiu levar o time à frente. Já os reservas atacaram principalmente pela direita, com o lateral Daniel Alves, mas também não conseguiram levar perigo ao gol.

Os titulares não balançaram as redes apesar de o técnico Dunga ter repetido diversas vezes as jogadas de bola parada. Os cruzamentos para a área, tanto nos escanteios como nas cobranças de falta, foram facilmente afastados pela defesa.

No domingo, a seleção fará um treinamento antes de viajar para a Tanzânia, onde enfrentará a seleção da casa, na segunda-feira, no último amistoso de preparação para a Copa do Mundo.

No outro jogo de preparação, a equipe venceu o Zimbábue por 3 x 0, na quarta-feira.

A estreia no Mundial, contra a Coreia do Norte, será no dia 15, e a equipe enfrentará ainda Costa do Marfim e Portugal na primeira fase.

 
<p>Luis Fabiano luta pela bola com Kak&aacute; durante treino em Johanesburgo, 5 de junho de 2010. O ataque titular da sele&ccedil;&atilde;o brasileira completou neste s&aacute;bado o terceiro treino coletivo consecutivo sem marcar um gol sequer contra a defesa reserva, numa pr&aacute;tica em que a equipe principal foi derrotada por 1 x 0. REUTERS/Paulo Whitaker</p>