6 de Junho de 2010 / às 16:45 / 7 anos atrás

"Homem invisível" da Inglaterra deve se destacar na Copa

Por Timothy Collings

RUSTENBURG, África do Sul (Reuters) - Ledley King é visto por muitos como o “homem invisível” da Inglaterra, mas com a ausência do contundido capitão Rio Ferdinand, ele está pronto para realizar seus sonhos na Copa do Mundo.

O zagueiro de 29 anos do Tottenham Hotspur, que sofre de uma dor crônica no joelho que o impede de treinar, deve jogar ao lado de John Terry na defesa quando a Inglaterra enfrentar os Estados Unidos em seu jogo de estreia no Grupo C no dia 12 de junho.

Se o fizer, será sua primeira atuação pela Inglaterra em uma Copa do Mundo e irá coroar uma volta aos bons tempos depois de quatro anos de ausências causadas por lesões e decepções.

Sua longa carreira internacional iniciou em 2002, mas desde então ele só jogou 11 partidas e foi convocado 20 vezes para a seleção.

Ironicamente, ele conquistou seu primeiro grande torneio com a Inglaterra substituindo John Terry contra a França na Euro 2004.

“Se eu jogar, será minha primeira participação em uma Copa”, disse ele neste domingo. “E para mim isso seria a realização de um sonho, claro.”

“É algo que você ambiciona quando é jovem --jogar pelo seu país em uma Copa do Mundo, e seria um sonho para mim.”

“Mas, neste momento, sou parte de uma equipe de 23 homens e estou tentando trabalhar duro e provar que posso ser parte de um time vencedor.”

PÉ QUEBRADO

A carreira de King na seleção inglesa tem sido esporádica, marcada por contusões e pontuada por decepções que incluíram sua saída forçada do time de 2006 com um osso do pé quebrado.

Agora ele luta com o inchaço, a irritação e a dor que precisam ser controlados.

Seu técnico de clube, Harry Redknapp, disse: “Não há cura, não há cartilagem, nada a ser operado. É só uma questão de lidar com a coisa”.

King disse esperar construir uma parceria rápida e sólida com Terry, um conterrâneo de Londres.

”Conheço John há muito tempo“, disse ele. ”Ele é um ótimo comunicador no campo e um jogador muito experiente, como eu. “Não vejo problema, se eu for necessário. Eu me preparei e estou pronto.”

“Independentemente de eu treinar só uma vez por semana, não temos muito tempo para trabalhar, mas a comunicação é essencial em uma parceria. Se os quatro na zaga se comunicarem bem, você tem uma boa chance.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below