Jogadores da África do Sul estão nervosos com início da Copa

terça-feira, 8 de junho de 2010 14:05 BRT
 

JOHANESBURGO (Reuters) - Os jogadores da África do Sul confessaram que estão cada vez mais nervosos e ansiosos por conta da partida de abertura da África do Sul contra o México, na próxima sexta.

Quatro atletas comentaram, em entrevistas nesta terça-feira, sobre o peso que o time tem que enfrentar por conta da expectativa de vários torcedores sobre o desempenho do país. "Quando fica mais próximo da estreia, começa a ansiedade. Tudo o que temos em mente é não desapontá-los", disse o atacante Bernard Parker.

"Há momentos em que você fica muito nervoso, mas ter todo o país nos apoiando significa muito para a seleção", acrescentou o meio-campista Siphiwe Tshabalala, que deve ser titular na primeira partida do país. "Não tenho ideia sobre como vamos nos sentir no momento em que estivermos no ônibus no caminho para a partida de estreia", disse o zagueiro Matthew Booth.

A seleção sul-africana, que passou muitos anos acumulando resultados ruins, começa a se ver com potencial de criar algumas dificuldades para os favoritos do torneio.

"Está muito claro para todos a importância de vencer a primeira partida", disse o goleiro Itumeleng Khune. Ele completou: "Nós temos a vantagem de jogar em casa, além disso ter um país nos apoiando dá uma energia real. Mas há, sim, ansiedade enquanto esperamos."

As ruas de Johanesburgo estão tomadas com patriotismo e o presidente do país, Jacob Zuma, disse na segunda-feira que a Copa do Mundo é um evento sem precedentes que está unindo os diversos grupos raciais na África do Sul. Ele acredita que os efeitos disso serão sentidos durante muitos anos no futuro.

Booth disse que a euforia tem o potencial de ajudar o time a chegar mais longe na Copa do Mundo do que aquilo que poderia ser imaginado do time que está na posição 83 do ranking da FIFA.

"Nós estamos focados para o jogo contra o México. Quando nós conseguirmos vencer, não se, mas quando conseguirmos, vamos aproveitar a boa fase para seguir em frente. Todos os jogadores estão confiantes em passar da primeira fase", disse. "Com a euforia que vai chegar depois da vitória, tudo é possível", acrescentou.