Daniel Alves vê Messi sem companheiros à altura na Argentina

quinta-feira, 10 de junho de 2010 10:12 BRT
 

Por Pedro Fonseca

JOHANESBURGO (Reuters) - Companheiro de Lionel Messi no Barcelona, o brasileiro Daniel Alves deu nesta quinta-feira uma explicação rápida para o fato de o atacante argentino não conseguir repetir na seleção o desempenho que tem na equipe espanhola: os jogadores do Barça "não tem comparação" com os argentinos.

Messi chega à Copa do Mundo da África do Sul pressionado a repetir com a camisa argentina as grandes atuações que fizeram dele o melhor jogador do mundo pelo Barcelona. O atacante foi o artilheiro da Europa na última temporada, com 43 gols, mas é questionado em seu país pelas atuações quando joga pela Argentina.

Daniel Alves, que ao lado de Messi conquistou a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes de 2009 e o bicampeonato espanhol deste ano pelo Barcelona, afirmou que o problema não está com o atacante de 22 anos, mas sim com seus companheiros na seleção dirigida por Diego Maradona.

"A dificuldade que ele tem é quando se compara o Messi do Barcelona com o Messi da Argentina. No Barcelona ele tem jogadores de nível parecido com o dele", afirmou Daniel Alves em entrevista coletiva no hotel onde está concentrada a seleção brasileira.

"Com todo respeito aos jogadores da Argentina, os jogadores do Barcelona não têm comparação", acrescentou.

Na opinião do lateral brasileiro, Messi está melhor servido ao lado de Zlatan Ibrahimovic, Xavi Hernández, Andrés Iniesta e Pedro no Barça do que quando joga com Gonzalo Higuaín, Diego Milito, Carlos Tevez e Juan Verón na seleção argentina.

O lateral brasileiro contou que Messi jamais se queixou das críticas recebidas na Argentina, e apostou que o companheiro de clube fará uma grande Copa do Mundo, "exceto contra o Brasil".

"O Messi é tão boa pessoa que não é capaz de se queixar de nada. Ele nunca falou para gente de qualquer dificuldade que enfrentava na seleção argentina", disse.

"Acho que isso faz dele um dos melhores do mundo, porque é capaz de aguentar tudo sem reclamar de nada. Ele sempre faz o seu melhor, sabendo que as críticas e os elogios fazem parte do nosso trabalho."

 
<p>O jogador da sele&ccedil;&atilde;o Daniel Alves fala a jornalistas em Johanesburgo, 10 de junho de 2010. Companheiro de Lionel Messi no Barcelona, Daniel Alves deu nesta quinta-feira uma explica&ccedil;&atilde;o r&aacute;pida para o fato de o atacante argentino n&atilde;o conseguir repetir na sele&ccedil;&atilde;o o desempenho que tem na equipe espanhola: os jogadores do Bar&ccedil;a "n&atilde;o tem compara&ccedil;&atilde;o" com os argentinos. REUTERS/Paulo Whitaker</p>