Tristeza costumeira de Pirlo fica maior com lesão na panturrilha

sábado, 12 de junho de 2010 11:21 BRT
 

IRENE, África do Sul (Reuters) - O lesionado meio-campista italiano Andrea Pirlo, que já não é dos jogadores mais alegres com seu semblante de aparência infeliz, está tão triste que parece que foi "espancado com um bastão".

O volante Gennaro Gattuso, que atua ao lado de Pirlo, de 31 anos, no Milan e na seleção italiana, disse acreditar que a lesão na panturrilha, que deixará Pirlo de fora de pelo menos as duas primeiras partidas da Itália na Copa, foi o pior golpe já sofrido pelo meio-campista.

"Nunca vi Andrea tão triste como nos últimos dias, e é verdade que ele sempre tem essa cara. Mas é como se ele tivesse apanhado de bastão", brincou Gattuso em entrevista coletiva neste sábado.

"Ele está lutando com todas as suas forças, trabalhando sete horas por dia com os médicos para entrar em forma. Tenho certeza que ele estará."

Gattuso, que neste sábado anunciou que não jogará mais pela seleção italiana após a Copa do Mundo, disse que está disposto a ser técnico da seleção italiana no futuro, mas o jogador faz tantas brincadeiras que não é possível saber se ele realmente falava sério.

(Por Mark Meadows)