12 de Junho de 2010 / às 19:11 / 7 anos atrás

Kameni e Song podem ficar fora da estreia de Camarões

Por Tansa Musa

DURBAN (Reuters) - O goleiro titular da seleção de Camarões, Idriss Carlos Kameni, e o meio-campista Alexandre Song podem ficar fora da equipe camaronesa em sua partida de estreia na Copa do Mundo contra o Japão, em Bloemfontein, na segunda-feira, disse o técnico Paul Le Guen.

“Tivemos três semanas de treinamento intenso e tive uma melhor ideia do meu time agora”, disse ele durante coletiva em Durban, neste sábado.

“Alexandre Song talvez não jogue a primeira partida contra o Japão. Isso não quer dizer que tenha algo ruim a respeito dele. Ele é um grande jogador. A questão é que apenas quero começar o torneio com o time mais competitivo possível”, explicou o francês.

Os comentários de Le Guen vieram depois de uma hora de sessão de treinos para o jogo do Grupo E. Antes, ele teve uma discussão de 15 minutos com o meio-campista do Arsenal, chamando a atenção da imprensa.

Ele também disse que Hamidou Souleymanou, de 36 anos, é sua primeira opção para goleiro, surpreendendo a todos, pois Kameni é o goleiro titular de Camarões nos últimos sete anos.

Le Guen não justificou nenhuma das decisões nem falou de alguma outra mudança, mas a opinião pública em Camarões culpou Kameni por muitos “gols fáceis” que o time levou.

Eles o colocam ao lado do experiente Geremi e o ex-capitão Rigobert Song como os culpados pela eliminação nas quartas-de-final na Copa das Nações Africanas, em Angola, em janeiro.

Le Guen falou durante a coletiva de sua confiança na vitória, embora Camarões não tenha vencido nenhum de seus últimos sete jogos.

“Tenho assistido repetidas vezes a muitos vídeos de partidas dos japoneses e conheço sua arma mais forte, que são seus atacantes rápidos.”

“Trabalhamos muito duro para lidar com isso e, no que se refere ao jogo de segunda, estou muito confiante.”

Seu otimismo foi compartilhado pelo defensor Sebastien Bassong, que acompanhou Le Guen na coletiva.

“Nós somos jogadores de futebol, estamos acostumados a jogar contra atacantes rápidos como os japoneses. Portanto, eles não serão nenhum problema, porque estamos preparados para lidar com o estilo deles”, afirmou Bassong.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below