Torcida norte-coreana chama atenção em jogo contra o Brasil

terça-feira, 15 de junho de 2010 17:35 BRT
 

Por Peter Rutherford

JOHANESBURGO (Reuters) - Cercado por todos os lados por torcedores brasileiros em verde-amarelo, um pequeno grupo de norte-coreanos vestidos de vermelho, provenientes de Pyongyang, torcia de corpo e alma pelos azarões asiáticos nesta terça-feira.

Acenando bandeiras da Coreia do Norte, batendo blocos de madeira e cantando em uníssono, os norte-coreanos se tornaram o centro das atenções antes do início da partida, atraindo olhares dos outros torcedores e da mídia.

A Coreia do Norte, que faz sua primeira participação em uma Copa do Mundo desde 1966, perdeu por 2 x 1 para o Brasil.

Sentado sobre uma cadeira de plástico forrada com um cobertor para aliviar o frio, Kim Young-chul batia as mãos e gritava enquanto um animador de torcida conduzia o grupo de homens de meia-idade.

"Fiz todo o trajeto de Pyongyang até aqui", disse Kim à Reuters, exibindo orgulhosamente sua jaqueta e sua echarpe vermelhas com a bandeira norte-coreana. "O ambiente aqui é ótimo", afirmou.

A Coreia do Norte chegou às quartas-de-final do Mundial de 1966 na Inglaterra após uma vitória surpreendente de 1 x 0 sobre a itália.

Poucos, no entanto, acreditam nas chances de sobreviver no grupo Grupo G, que além do Brasil tem Portugal e Costa do Marfim. Mas Kim acredita que torcendo é possível ajudar a seleção.

"Se torcermos com empolgação suficiente, com o coração, podemos vencer", acrescentou.

 
<p>Torcida norte-coreana em Johanesburgo chamou aten&ccedil;&atilde;o em jogo contra o Brasil pela Copa. REUTERS/Kim Kyung-Hoon</p>