Herói da Suíça, Fernandes perde comemoração da vitória

quinta-feira, 17 de junho de 2010 11:20 BRT
 

Por Mark Gleeson

VANDERBIJLPARK, África do Sul (Reuters) - Gelson Fernandes descreveu seu gol na vitória surpreendente da Suíça sobre a Espanha p como o melhor de sua carreira, mas estava tão cansado que perdeu a comemoração pós-jogo de sua seleção.

O meio-campista, natural de Cabo Verde, parecia relutante no papel de herói suíço em uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira, um dia após a vitória de 1 x 0 pelo Grupo H.

"Não foi o meu gol mais bonito, mas foi o melhor de minha carreira. Mas não marco muito. Foi uma boa sensação ver a bola entrar na rede, e de certo maneira merecemos porque trabalhamos duro, corremos muito", disse ele.

"É memorável marcar contra um time tão bom quanto a Espanha, porque eles têm muitos jogadores de primeira classe", exultou, se animando com a pergunta.

"A euforia para o país, para vocês jornalistas até, torna isso importante. Mas temos que esquecer isso agora e atentar para a próxima partida."

Os suíços estão em um grupo imprevisível no qual ainda enfrentarão Chile e Honduras.

Fernandes disse ter perdido a comemoração pós-jogo no vestiário e no ônibus porque tinha que fazer o teste antidoping.

"Quando entrei no avião estava cansado demais."

 
<p>Gelson Fernandes comemora gol com treinador. Gelson Fernandes descreveu seu gol na vit&oacute;ria surpreendente da Su&iacute;&ccedil;a sobre a Espanha p como o melhor de sua carreira, mas estava t&atilde;o cansado que perdeu a comemora&ccedil;&atilde;o p&oacute;s-jogo de sua sele&ccedil;&atilde;o.16/06/2010.REUTERS/Rogan Ward</p>