Maradona diz que time argentino foi "implacável"

quinta-feira, 17 de junho de 2010 12:46 BRT
 

JOHANESBURGO (Reuters) - A Argentina foi inflexível nesta quinta-feira na goleada de 4 x 1 sobre a Coreia do Sul e concretizou o que havia mostrado em alguns momentos da partida de estreia na Copa do Mundo, disse o técnico da equipe, Diego Maradona, que apoiou o zagueiro Martin Demichelis após um erro cometido no gol sul-coreano.

A Argentina tem duas vitórias nos dois jogos que disputou e lidera o Grupo B do Mundial. O atacante Gonzalo Higuaín foi a grande figura do time, marcando três gols.

"A Argentina jogou uma grande partida e foi implacável. Merecíamos uma vitória assim. Contra a Nigéria (quando venceram por 1 x 0) havíamos insinuado essa partida, mas não conseguimos concretizá-la no placar", disse Maradona em entrevista coletiva.

"A Argentina trabalhou a bola com gosto. A Coreia nunca dominou", disse.

A Argentina não brilhou, mas se impôs com autoridade. A Coreia do Sul atacou pouco e marcou um gol após uma falha de Demichelis no final do primeiro tempo.

"Demichelis pode ter um problema como teve, mas não nos afetou em nada", disse Maradona. "A única forma que a Coreia tinha para nos dominar era se não fossemos precisos na metade do campo e errássemos passes", disse.

(Reportagem de Javier Leira)

 
<p>T&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o argentina, Diego Maradona, comemora ap&oacute;s a vit&oacute;ria de seu time contra a Coreia do Sul pelo Grupo B. A Argentina foi inflex&iacute;vel nesta quinta-feira na goleada de 4 x 1 e concretizou o que havia mostrado em alguns momentos da partida de estreia na Copa do Mundo, disse Maradona. 17/06/2010 REUTERS/Eddie Keogh</p>