Goleiro italiano reserva comemora convocação após infortúnios

quinta-feira, 17 de junho de 2010 15:23 BRT
 

Por Kate Holton

IRENE, África do Sul (Reuters) - O inexperiente goleiro italiano Federico Marchetti finalmente viu o destino lhe sorrir após anos de "perseguição" na sequência de um acidente quase fatal e a morte de amigos.

Marchetti, que atuava na terceira divisão quando a Itália foi campeã do mundo quatro anos atrás, irá estrear contra a Nova Zelândia no domingo pelo Grupo F depois que Gianluigi Buffon machucou as costas no empate de 1 x 1 com o Paraguai na segunda-feira.

Falando à imprensa pela primeira vez desde que chegou à África do Sul sobre sua entrada no meio do jogo contra a seleção sul-americana, Marchetti comentou sua recuperação de um acidente de carro grave cinco anos atrás.

"Depois de ver a morte tão de perto, algo muda dentro de você", disse ele a uma sala repleta de jornalistas. "É difícil explicar, é uma experiência ruim que carrego comigo, e sempre fará parte de mim".

O goleiro de 27 anos, que pouco participou do embate com o Paraguai, também deve entrar em campo quando a Itália enfrentar a Eslováquia no último jogo da fase de grupos no dia 24 de junho, enquanto o campeão de 2006 Buffon se recupera de uma pequena hérnia de disco.

"Eu percebi antes do intervalo que iria entrar, então tive tempo de me preparar mentalmente", disse ele. "Estou calmo e convencido de minha capacidade. Tudo muda de um dia para outro, mas eu sempre tive fé".

Marchetti, que foi para o gol depois de jogar como atacante na juventude, disse que o veterano Buffon já mostrou seu apoio e deu conselhos, orientando-o a relaxar no gol.