17 de Junho de 2010 / às 20:35 / 7 anos atrás

México vence e deixa França perto da eliminação no Mundial

<p>Javier Hern&aacute;ndez comemora primeiro gol mexicano na vit&oacute;ria por 2 x 0 sobre a Fran&ccedil;a pelo Grupo A da Copa do Mundo.Radu Sigheti</p>

Por Patrick Vignal

POLOKWANE, África do Sul (Reuters) - O México conquistou nesta quinta-feira uma vitória surpreendente por 2 x 0 sobre a França, deixando os vice-campeões de 2006 correndo sério risco de eliminação na primeira fase da Copa do Mundo da África do Sul.

O México abriu o placar aos 19 minutos do segundo tempo com o atacante reserva Javier Hernández, que recebeu lançamento entre a defesa, fugindo da linha de impedimento da França, e driblou o goleiro Hugo Lloris antes de empurrar a bola para as redes.

O segundo gol aconteceu num pênalti aos 34 minutos cobrado pelo veterano Cuauhtémoc Blanco, 37, depois que Pablo Barrera foi derrubado na área por Eric Abidal.

A França, assim como a anfitriã África do Sul, somam apenas um ponto cada no Grupo A, enquanto Uruguai e México, que se enfrentam na última rodada, têm quatro e precisam de um empate para se garantirem nas oitavas-de-final.

Campeã em 1998, a França pode repetir no Mundial o fracasso da Eurocopa de 2008.

"Não tenho palavras. É uma frustração real para aqueles que acreditavam em nós. Tentamos, mas sempre havia alguma coisa que não funcionava", disse o técnico francês, Raymond Domenech, à emissora de TV francesa TF1.

"Ainda resta uma partida. Jogaremos por orgulho e na esperança de um milagre. Precisávamos de um empate para manter o destino em nossas mãos e não conseguimos."

O meia-atacante francês Florent Malouda disse que a equipe tem o último jogo para "restaurar nosso orgulho".

A França foi mal no primeiro tempo, em que não criou uma chance sequer. Já o México chegou perto de marcar em várias ocasiões, primeiro com o atacante Carlos Vela, que entrou na áres desmarcado mas errou o alvo.

Carlos Salcido teve mais duas oportunidades para os mexicanos. Na primeira chutou para fora e na segunda em cima de Lloris.

A França melhorou na segunda etapa, e Malouda quase marcou em um chute que passou perto da trave aos 9 minutos.

Isso não foi o suficiente para a equipe de Domenech, que tem frustrado seus torcedores nos últimos anos e tem agora outro desafio, contra a África do Sul, na próxima terça-feira, em Bloemfontein.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below