June 18, 2010 / 3:34 PM / in 7 years

CURTAS-Gramado ruim força Brasil a trocar local de treino

4 Min, DE LEITURA

<p>Jogadores da sele&ccedil;&atilde;o brasileira participam de sess&atilde;o de treino em Johanesburgo. O gramado ruim da Randburg High School, obrigou a equipe a trocar o local do treinamento desta sexta-feira. 18/06/2010Paulo Whitaker</p>

Por Pedro Fonseca

JOHANESBURGO (Reuters) - O gramado ruim da Randburg High School, que desde os primeiros treinos da seleção brasileira em Johanesburgo mostrou problemas, obrigou a equipe a trocar o local do treinamento desta sexta-feira, numa tentativa de poupar o campo do local oficial escolhido pelo Brasil para treinar.

O campo da escola, que foi reformado para receber a seleção brasileira durante a Copa do Mundo, constantemente ficava esburacado nos treinamentos. Após cada atividade, ao menos 10 funcionários do colégio entravam em cena para tentar recolocar a grama no lugar.

Nesta sexta-feira, os jogadores brasileiros foram a outra escola, a Saint Sthithians School, também próxima do hotel onde a equipe está concentrada, para treinar. O campo da Randburg High School terá assim ao menos três dias para ser recuperado, já que no sábado a seleção fará o treino de reconhecimento do estádio Soccer City, e no domingo disputará sua segunda partida no Mundial, contra a Costa do Marfim.

Coletivo Fechado

O treino foi aberto à imprensa durante os minutos iniciais, depois de a CBF ter recebido uma carta da Fifa que orientou a seleção a permitir o acesso da mídia por aos menos 15 minutos em cada treino. No entanto, os jornalistas foram obrigados a deixar o local quando o técnico Dunga iniciou um coletivo para acertar o time que vai enfrentar a Costa do Marfim.

Na última semana, o técnico proibiu o acesso da imprensa em três treinos do Brasil, supostamente por não ter gostado da publicação na imprensa de um desentendimento entre os jogadores Daniel Alves e Julio Baptista num treinamento.

Segundo a Fifa, o documento enviado às 32 seleções que estão na Copa orienta as equipes sobre como agir nos treinamentos nos locais oficiais durante a competição, mas não determina regras que precisam ser estritamente cumpridas.

"MAIS DIFÍCIL"

Apesar de Portugal, o último adversário do Brasil no Grupo G do Mundial, estar atualmente em 3o lugar no ranking mundial, o reserva da seleção brasileira Julio Baptista afirmou que o jogo de domingo contra os marfinense será o mais difícil dessa primeira fase do Mundial.

"Vai ser nosso jogo mais difícil. São jogadores que praticamente todos jogam na Europa, sabem como jogar, e tem muita força física", disse o atleta a jornalistas citando os chamados "elefantes", que estão espalhados por clubes como Chelsea, Arsenal, Barcelona, Manchester City e outros do futebol europeu.

A Costa do Marfim, em 27o lugar no ranking mundial, é o time africano considerado com melhores chances de fazer uma boa campanha no Mundial da África do Sul. A equipe tem como capitão e principal jogador o atacante Didier Drogba, que fez 37 gols em 40 jogos pelo Chelsea na última temporada.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below