EUA reagem e empatam com Eslovênia por 2 x 2

sexta-feira, 18 de junho de 2010 13:57 BRT
 

Por Simon Evans

JOHANESBURGO (Reuters) - Os Estados Unidos conseguiram um dramático empate por 2 x 2 com a Eslovênia após saírem em desvantagem por dois gols no primeiro tempo da partida de sexta-feira. O resultado mantém os norte-americanos com chances de classificação na Copa do Mundo da África do Sul.

A Eslovênia dominou os Estados Unidos e abriu o placar com gols de Valter Birsa aos 13 minutos, em um bonito chute de fora da área, e de Zlatan Ljubijankic aos 42 da primeira etapa.

Mas Landon Donovan diminuiu em uma jogada individual três minutos após o intervalo, e a reação dos norte-americanos resultou no gol de empate de Michael Bradley, filho do técnico Bob Bradley, a oito minutos do encerramento.

Depois de batalharem pelo empate, o norte-americanos quase viraram o jogo a cinco minutos do final, quando Donovan cobrou falta e Maurice Edu aproveitou uma confusão na área para balançar a rede eslovena, mas o árbitro anulou o gol.

"Estou um pouco revoltado, pra ser sincero. Não sei como puderam nos roubar esse terceiro gol. É uma pena, porque acho que foi um gol válido", disse Donovan.

O técnico Bradley também ficou surpreso com a decisão.

"Ainda não sabemos por que o gol foi anulado... ninguém sabe. É importante entender que os jogadores se doaram muito e agora querem ver um resultado justo", disse Bradley.

 
<p>Michael Bradley dos Estados Unidos (esq) comemora gol contra a Eslov&ecirc;nia pelo Grupo C. Os Estados Unidos conseguiram um dram&aacute;tico empate ap&oacute;s estar em desvantagem por dois gols ao final do primeiro tempo. 18/06/2010 REUTERS/Jerry Lampen</p>