Para Lula, Argentina está "maravilhosa até enfrentar o Brasil"

sexta-feira, 18 de junho de 2010 14:15 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva provocou a Argentina, que soma duas vitórias em dois jogos na Copa da África do Sul, ao afirmar nesta sexta-feira que a seleção de Diego Maradona está indo bem mas pode cair diante do Brasil.

"A Argentina está maravilhosa até enfrentar o Brasil", disse Lula em discurso durante a inauguração de uma siderúrgica na zona oeste do Rio de Janeiro. A declaração de Lula arrancou gargalhadas da plateia formada por brasileiros e estrangeiros, entre eles, alemães.

Lula lembrou inclusive a derrota dos alemães para a seleção da Sérvia por 1 x 0 na sexta-feira.

"A Alemanha ganhou por 4 x 1 (o resultado foi 4 x 0) e já foi considerada a maior do mundo, e hoje perdeu da Sérvia. Mas continua sendo a Alemanha em condições de ir à final", disse o presidente.

Lula demonstrou confiança na seleção do técnico Dunga, que ganhou da Coreia do Norte por 2 x 1 na estreia, e destacou que a equipe lembra muito a seleção brasileira campeã do mundo de 1994 nos Estados Unidos.

"Em 94 fomos com um time capenga, só tinha o Romário, jogamos feio mas ganhamos a Copa. O que vale não é mexer para cá ou pedalar para lá, o que vale é levantar o caneco. Essa é a seleção que temos", disse Lula, que demonstrou apoiar a decisão de Dunga de valorizar o grupo do Brasil em detrimento de talentos individuais.

"Só tem um craque que não foi para essa Copa, e foi o Ronaldinho Gaúcho, que não foi porque não quis. Tem que estar jogando bem."

"Essa seleção, diferentemente da de 2006, que só tinha craques; era tanta estrela que não se via o céu. E o que deu? Fomos desclassificados. A seleção de 82 e de 86 do saudoso Telê era tida como a melhor do mundo, mas perdemos as duas vezes para Paolo Rossi e Platini", completou Lula sobre as derrotas de 82, para a Itália, e de 86, para a França.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)