Dunga testa Josué no lugar de Gilberto Silva em treino fechado

sexta-feira, 18 de junho de 2010 14:53 BRT
 

Por Pedro Fonseca

JOHANESBURGO (Reuters) - O técnico Dunga testou a entrada de Josué no lugar de Gilberto Silva no time titular do Brasil no treino coletivo realizado com os portões fechados, nesta sexta-feira, na preparação para o jogo contra a Costa do Marfim.

A troca de volantes foi a única mudança realizada pelo treinador na atividade realizada na Saint Sthithians School. Josué formou o meio-campo ao lado de Felipe Melo, Elano e Kaká no time com colete laranja. O restante do time foi o mesmo que iniciou a partida de estreia na Copa do Mundo contra a Coreia do Norte: Julio César, Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos na defesa e Robinho e Luís Fabiano no ataque.

O treino da seleção, que mudou da Randburg High School para a Saint Sthithians School devido às más condições do gramado na escola escolhida como local oficial de treinos do Brasil, teve apenas os primeiros 30 minutos abertos para a imprensa. Nesse período, os jogadores fizeram apenas um aquecimento, do qual Gilberto Silva participou normalmente.

Antes de Dunga iniciar o treino coletivo, os jornalistas foram obrigados a deixar o local, mas foi possível acompanhar a atividade do prédio de uma empresa próxima à Saint Sthithians School.

Gilberto Silva, de 33 anos, é o jogador mais experiente da seleção brasileira, disputando o terceiro mundial da carreira (foi campeão em 2002 e também esteve em 2006). O jogador ocupa o posto de vice-capitão da seleção brasileira e é um dos homens de confiança de Dunga.

Capitão do clube alemão Wolfsburg, Josué foi campeão da Copa América de 2007 com a seleção brasileira, quando conquistou a vaga de titular no decorrer da competição. Ele também foi campeão da Copa das Confederações de 2009, como substituto.

O Brasil enfrentará a Costa do Marfim no domingo, no estádio Soccer City, após ter passado apertado por 2 x 1 pela Coreia do Norte - última seleção do ranking da Fifa entre as 32 classificadas para o Mundial.

O técnico Dunga reclamou da falta de velocidade da equipe no primeiro tempo do jogo de estreia e fez três substituições no segundo tempo, mas não trocou Gilberto Silva por Josué. Naquela partida entraram Nilmar, Ramires e Daniel Alves, nos lugares de Kaká, Felipe Melo e Elano, respectivamente.

(Com reportagem de Paulo Whitaker)

 
<p>Jogadores do Brasil participam de treino nesta sexta-feira em Johanesburgo. REUTERS/Paulo Whitaker</p>