Fracasso africano e frio afastam torcedores de praças com telões

sexta-feira, 18 de junho de 2010 17:51 BRT
 

Por Opheera McDoom

JOHANESBURGO (Reuters) - O tempo frio e os resultados decepcionantes da África do Sul deixaram os locais reservados aos torcedores desertos em Johanesburgo esta semana, em contraste com a última Copa do Mundo, na Alemanha, quatro anos atrás.

Na semana passada, os parques com enormes telões exibindo jogos na maior cidade da África do Sul lotavam com torcedores, alguns dos quais haviam viajado até oito horas para "sentir como é", festejando a noite toda com suas vuvuzelas e testando os nervos da vizinhança.

Mas com uma semana de torneio, uma onda de frio somada a uma derrota frustrante da África do Sul para o Uruguai na quarta-feira fizeram com que não mais que algumas dezenas de fanáticos embrulhados em agasalhos e em grupos se aventurassem nos parques a céu aberto sob temperaturas na casa do zero grau.

"A África do Sul não está indo muito bem, nem as outras seleções africanas", disse Ndumiso Mdlongwa, um garçom de 28 anos. "Por isso há menos gente".

Em 2006, quando o Mundial foi realizado na Alemanha, dezenas de milhares de torcedores festejavam noite adentro em todo o país nas zonas de torcedores, que se mostraram altamente populares e uma lembrança duradoura do torneio.