Despedida honrosa é prioridade para a anfitriã África do Sul

sábado, 19 de junho de 2010 15:02 BRT
 

JOHANNESBURGO (Reuters) - A prioridade da África do Sul é jogar pela honra e se despedir do Mundial de cabeça erguida e não esperar por um milagre para chegar à próxima fase da Copa do Mundo, disse o meia Teko Modise neste sábado.

"A classificação não está em nossas mãos. Isso depende do outro resultado em nosso grupo", disse ele na coletiva de imprensa. "Então para nós a prioridade é a honra."

"Queremos jogar bem contra a França e então deixaremos para os torcedores algo (positivo) para lembrar de nós."

"Se não acontecer de nos classificarmos, nós queremos deixar o torneio com nossas cabeças erguidas."

As tênues esperanças da nação anfitriã dependem de uma grande vitória sobre a França em Bloemfontein terça-feira no encerramento do Grupo A, e de esperar que saia um vencedor na outra partida do grupo entre México e Uruguai, que jogam no mesmo horário em Rustemburgo.

A África do Sul pode terminar com quatro pontos, igual ao perdedor da partida México x Uruguai, mas precisa marcar muitos gols para ter o critério de desempate a seu favor.

Modise, que joga no Orlando Pirates e foi o Futebolista do Ano na África do Sul em 2008 e 2009, vinha sendo apontado como um dos principais jogadores da equipe sul-africana na Copa do Mundo, mas disse não ter correspondido às expectativas.

"Eu diria que joguei um bom segundo tempo contra o México no primeiro jogo, e se eu tivesse marcado o gol estaríamos contando uma história diferente."

"Nós jogamos muito mal contra o Uruguai, não fizemos nada certo naquela noite e decepcionamos a torcida. Mas nós não vamos a campo para jogar mal", acrescentou.

Os anfitriões chegaram à Copa do Mundo cercados de expectativas e superaram o nervosismo com um empate em 1 x 1 com o México no jogo de abertura em 11 de junho.

Mas no meio da semana eles foram derrotados por 3 x 0 pelo Uruguai, sendo provavelmente condenados a ser a primeira nação anfitriã a ser eliminada na primeira fase de uma Copa do Mundo.