Eusébio prevê que vingança norte-coreana não se concretizará

sábado, 19 de junho de 2010 18:23 BRT
 

MAGALIESBURGO, África do Sul (Reuters) - Eusébio, maior astro da história do futebol português, não acredita que a Coreia do Norte conseguirá se vingar na segunda-feira da derrota que sofreu há 44 anos em uma das viradas mais memoráveis da história das Copas do Mundo.

"Já faz muitos anos, mas é sempre uma boa lembrança", disse Eusébio a jornalistas ao se referir à partida válida pelas quartas-de-final da Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra.

Naquela ocasião, a equipe asiática havia chegado às quartas-de-final após derrotar a Itália e parecia que manteria o conto de fadas ao abrir vantagem de 3 x 0 sobre os portugueses. Mas aí Eusébio entrou em ação, marcou quatro gols e liderou Portugal na vitória por 5 x 3.

Os norte-coreanos, que criaram dificuldade na derrota por 2 x 1 para o Brasil na estreia, disseram que buscarão a vingança por aquela derrota, mas Eusébio previu que eles sairão desapontados mais uma vez.

"Acho que isso vai acontecer, vamos vencer", disse. "Espero que Portugal marque um gol no início e, se o placar terminar 1 x 0, tudo bem, já que precisamos dos três pontos."

Portugal empatou em 0 x 0 em sua estreia no Mundial contra a Costa do Marfim e a equipe prometeu adotar um estilo de jogo mais ousado na segunda-feira na Cidade do Cabo.

Eusébio, de 68 anos, está com a seleção de Portugal na África do Sul enquanto ela se prepara para esta partida, talvez para servir de inspiração para o capitão da equipe, Cristiano Ronaldo, e seus companheiros de equipe.