Nadal espera revanche espanhola sobre a Suíça em Wimbledon

sábado, 19 de junho de 2010 19:34 BRT
 

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - Quando Rafael Nadal sentou para assistir à estreia da Espanha na Copa do Mundo na quarta-feira, ele não havia previsto a derrota de sua seleção por 1 x 0 para a Suíça.

Wimbledon pode dar a chance de empatar o jogo, se ele tomar de volta o título de Roger Federer.

O suíço Federer aproveitou a ausência de Nadal no All England Club no ano passado para vencer seu sexto título de Wimbledon, mas pode encontrar o espanhol novamente em forma para bloquear seu caminho rumo ao recorde de sete títulos no torneio.

Nadal, que poderia ter seguido os passos do tio Miguel Angel Nadal no futebol profissional se não tivesse optado pelo tênis, treinou em uma barulhenta Wimbledon no sábado e parecia renovado após uma boa temporada no saibro.

"Eu vi (Federer) aqui apenas um segundo atrás. Eu dei os parabéns pelo futebol", disse Nadal aos repórteres. "Nós provavelmente não jogamos nosso melhor, mas nós nunca poderíamos ter perdido aquela partida. Foi muita falta de sorte, eu acho."

Nadal aproveitou para lembrar sua vitória em Wimbledon em 2008, numa partida épica contra seu rival suíço.

"Aquele título provavelmente foi um dos momentos de maior emoção na minha carreira, porque eu trabalhei duro toda a minha vida para aprimorar meu jogo em outros pisos além do saibro", disse ele.

"(Wimbledon) me traz lembranças muito agradáveis e é sempre um prazer estar aqui neste belo clube", acrescentou Nadal, que perdeu para Federer nas finais de 2006 e 2007.

Nadal apagou quaisquer dúvidas sobre seus joelhos com uma soberba série de 22 vitórias seguidas no saibro, culminando com seu quinto título no Aberto da França.

Após vencer duas partidas na grama no torneio do Queen's Club, Nadal perdeu para o compatriota Feliciano López, que ao menos lhe deu a chance de dormir alguns dias a mais em sua cama em Mallorca antes de retornar a Londres na quarta-feira para se preparar para Wimbledon.