19 de Junho de 2010 / às 22:51 / 7 anos atrás

Incidente com torcedor foi desproporcional, diz Beckham

JOHANESBURGO (Reuters) - O torcedor que teve acesso aos vestiários da Inglaterra depois do empate em 0 x 0 com a Argélia não foi nem agressivo nem violento e o incidente cresceu em todas as proporções, disse David Beckham.

O torcedor burlou a segurança do estádio Green Point, na Cidade do Cabo, e foi aos vestiários com os jogadores e funcionários, mas de acordo com Beckham não houve insultos ou agressões após o fraco desempenho da equipe.

Beckham, falando em uma recepção organizada pelo príncipe William, presidente da federação inglesa de futebol, no sábado disse: "Aumentaram demais as coisas."

"O torcedor apenas caminhou casualmente, me disse algo e caminhou para fora."

"Não houve briga nem agressão alguma."

"Ele não comentou sobre o desempenho. Ele apenas entrou e disse 'olá'."

O príncipe William, que ao lado do seu irmão Harry, assistiu à partida pelo Grupo C antes de ir ao vestiário e sair pouco antes de o torcedor chegar, disse: "Harry e eu deixamos a porta aberta, foi nossa culpa."

Beckham, que não pôde jogar na Copa do Mundo por conta de uma lesão sofrida antes de começar o torneio, está envolvido com o elenco da Inglaterra em parte como mentor dos jogadores e em parte como embaixador do país na candidatura para sediar a Copa do Mundo em 2018.

Ele disse que seus colegas da Inglaterra ainda podem se recuperar do pobre início no torneio e avançar às fases eliminatórias.

"Se nós vencermos nosso próximo jogo nós vencemos o grupo . Nós sabemos que não jogamos bem as duas primeiras partidas, mas não perdemos e temos dois pontos. Nós podemos voltar aos trilhos, talvez vencendo nosso último jogo e tudo parecerá bem novamente."

A Inglaterra pode chegar às oitavas-de-final vencendo a Eslovênia, que está na liderança com quatro pontos e empatou seu último jogo no grupo na, quarta-feira, contra os Estados Unidos.

Beckham também agradeceu aos apaixonados torcedores ingleses, muito deles incomodados com a péssima atuação contra a Argélia quando vaias foram ouvidas em meio ás vuvuzelas.

"Os torcedores são incríveis. Eles nos acompanham em todo lugar do mundo e continuarão a fazê-lo. Tenho esperança de que poderemos vencer esse jogo e então avançar e começar a se divertir", disse.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below