Líderes da África do Sul pedem apoio à Copa apesar de fracassos

domingo, 20 de junho de 2010 17:02 BRT
 

Por Barry Moody

JOHANESBURGO (Reuters) - Os líderes sul-africanos, temerosos de que o fracasso das seleções do continente mine o interesse no torneio, estão encorajando a população a continuar acompanhando o Mundial mesmo se o time for eliminado.

A Fifa e organizadores locais se preocupam com a aparentemente inevitável eliminação prematura da África do Sul, que pode reduzir não somente o público mas diluir o efeito unificador do torneio em um país ainda perturbado por divisões raciais e sociais.

As chances pífias de o time da casa evitar ser a primeira nação anfitriã a ser eliminada na primeira fase dependem de uma grande vitória sobre a França na terça-feira.

Isso parece improvável, embora a seleção francesa esteja desmoronando sob o peso de grandes desentendimentos internos.

Até mesmo os jogadores dos Bafana Bafana parecem resignados e pensam somente em sair de maneira honrosa.

Ao mesmo tempo, é improvável que os torcedores sul-africanos tenham outros times do continente pelos quais torcer.

Os Camarões foram os primeiros a serem eliminados da Copa após sua derrota para a Dinamarca no sábado, e Gana é o único time africano que venceu uma partida no Mundial até agora.

O frio recorde e os resultados decepcionantes dos africanos já esvaziam os parques com telões em muitos lugares.   Continuação...