Costa do Marfim queixa-se de mão em gol de Luís Fabiano

domingo, 20 de junho de 2010 20:04 BRT
 

JOHANESBURGO (Reuters) - Se o Brasil reclamou da expulsão de Kaká, a Costa do Marfim queixou-se do segundo gol brasileiro, em que o atacante Luís Fabiano ajeita a bola com a mão antes de marcar na vitória de 3 x 1 sobre o time africano.

"Ouvi que o Brasil reclamou muito, não deveria reclamar", disse o técnico de Costa do Marfim, Sven-Goran Eriksson.

"É difícil enfrentar Luís Fabiano e mais difícil se ele puder usar as mãos, e não apenas uma vez, mas duas", acrescentou.

O atacante marcou 2 x 0 no início do segundo tempo, o que, segundo Eriksson, "mudou tudo" durante o jogo. Luís Fabiano livrou-se da marcação com dois lençóis seguidos, mas dominou a bola no braço duas vezes antes de chutar.

O capitão marfinense, Didier Drogba, afirmou: "É muito frustrante, particularmente o modo com que os brasileiros marcaram o segundo gol. Estava claro que ele pegou com a mão".

"Um placar de 2 x 1 teria sido mais justo", completou ele, autor do gol de sua equipe.

(Reportagem de Brian Homewood)