Marfinenses sofrem com erros, mas mantêm esperança

segunda-feira, 21 de junho de 2010 10:07 BRT
 

Por Mark Gleeson

JOHANESBURGO (Reuters) - Erros táticos e indisciplina na defesa custaram a derrota para Costa do Marfim contra o Brasil, mas o capitão Didier Drogba insistiu que o país segue em curso para conquistar vaga na próxima fase da Copa do Mundo.

"A partida mostrou a diferença entre um time que pode ir por todo o torneio e vencer a Copa e outro que ainda está trabalhando para chegar lá", disse, após a derrota por 3 x 1 no estádio Soccer City, que deixou os marfinenses com apenas um ponto no torneio. "Foi uma grande decepção, tivemos chances que fariam o jogo totalmente diferente. Mas precisamos ser realistas, sabemos a diferença no ranking entre Costa do Marfim e Brasil", acrescentou.

O técnico Sven-Goran Eriksson, que teve apenas três semanas de trabalho antes do torneio com seu novo time, reclamou dos erros nesta partida após uma sólida apresentação defensiva na partida da estreia sem gols contra Portugal.

"O Brasil é forte e, se você erra contra eles, eles vão lhe punir rapidamente. Isso foi exatamente o que aconteceu conosco", disse o experiente sueco, que foi elogiado pelos jogadores por ter tido um impacto positivo ao assumir o time com um contrato de curto prazo.

"Nós tivemos duas partidas muito difíceis. Estou triste que cometemos erros bobos, os quais o Brasil aproveitou", completou.

Com os brasileiros garantidos na próxima fase, os marfinenses podem conseguir a vaga como segundo do grupo se conseguirem vencer a Coreia do Norte na última partida do grupo em Nelspruit na sexta-feira, e torcer para que Portugal tropece.

Drogba marcou o seu 44o gol em 70 participações com a camisa do seu país e jogou os 90 minutos, apenas 15 dias após operação em seu braço quebrado. Ele usou uma proteção no braço e saiu da partida sem nenhum sinal de dor.

 
<p>Didier Drogba da Costa do Marfim agradece aos torcedores ap&oacute;s jogo contra o Brasil pelo Grupo G da Copa do Mundo. O capit&atilde;o disse que apesar dos erros o pa&iacute;s segue em curso para conquistar vaga na pr&oacute;xima fase do Mundial. 20/06/2010 REUTERS/Adnan Abidi</p>