Chile faz 1 x 0 e põe fim à invencibilidade da defesa suíça

segunda-feira, 21 de junho de 2010 13:59 BRT
 

Por Martin Petty

PORT ELIZABETH, África do Sul (Reuters) - A seleção do Chile derrotou a Suíça por 1 x 0 nesta segunda-feira, pôs fim a uma longa invencibilidade da defesa do time europeu e conquistou a segunda vitória na Copa do Mundo, o que deixa os chilenos muito próximos de uma vaga nas oitavas-de-final do torneio.

Mesmo com a derrota, a Suíça entrou para a história das Copas ao superar o recorde da seleção italiana, que conseguiu ficar 550 minutos sem sofrer gols num Mundial. O recorde foi estabelecido oito minutos antes do gol chileno. A última vez que a Suíça havia sofrido um gol numa Copa do Mundo havia sido na derrota por 3 x 0 para a Espanha em 1994.

O Chile foi mais ofensivo durante todo o jogo e passou a dominar ainda mais a partida após expulsão de Valon Behrami, aos 31 minutos da primeira etapa, depois de uma cotovelada em Arturo Vidal, do Chile.

Apesar da vantagem numérica e de pressionar o gol defendido por Diego Benaglio, o Chile só conseguiu marcar aos 30 minutos do segundo tempo, em cabeçada de Mark González, que nasceu na África do Sul.

"Foi um jogo muito intenso, estivemos sob pressão, sabíamos que os chilenos são rápidos, fortes e ofensivos e tínhamos que usar muita energia para lutar contra isso", disse o técnico suíço, Ottmar Hitzfeld, cuja equipe surpreendeu na estreia ao vencer a campeã europeia Espanha.

A Suíça teve uma ótima oportunidade de marcar no último minuto, mas Eren Derdiyok, mesmo desmarcado na marca do pênalti, chutou para fora.

"Tivemos uma chance de gol de 100 por cento, e o 1 x 1 teria sido um resultado justo", afirmou Hitzfeld.

O Chile, que enfrenta a Espanha na última rodada do Grupo H, lidera a chave com seis pontos, à frente da vice-líder Suíça, que tem três.

Espanha e Honduras, que fecham a segunda rodada da Copa do Mundo ainda nesta segunda-feira, não têm nenhum.

 
<p>Mark Gonzalez (esq) da sele&ccedil;&atilde;o chilena comemora gol com seu colega de equipe Alexis Sanchez em jogo contra a Sui&ccedil;a. O Chile venceu por 1 x 0, pondo fim a uma longa invencibilidade da Sui&ccedil;a e conquistou a segunda vit&oacute;ria na Copa do Mundo. 21/06/2010 REUTERS/Yves Herman</p>