21 de Junho de 2010 / às 18:53 / 7 anos atrás

Técnico de Portugal se diz maravilhado com vitória de 7 x 0

<p>T&eacute;cnico Carlos Queiroz comemora com Cristiano Ronaldo vit&oacute;ria por 7 x 0 sobre a Coreia do Norte pela Copa do Mundo.Jose Manuel Ribeiro</p>

Por Wendell Roelf

CIDADE DO CABO (Reuters) - A vitória impressionante de 7 x 0 imposta por Portugal à Coreia do Norte nesta segunda-feira deixou o técnico Carlos Queiroz maravilhado com seus jogadores e o "lindo futebol" que apresentaram, comemorando um grande dia para seu país.

Portugal obteve sua maior vitória de todos os Mundiais, ultrapassando até mesmo os cinco gols marcados na notável partida disputada contra o mesmo adversário na Copa de 1966, quando se recuperou de uma desvantagem de três gols para vencer por 5 x 3.

"Gostaria de expressar minha grande satisfação aos jogadores portugueses pela maneira maravilhosa com que jogaram, sua grande atitude, sua reverência pelo jogo, seu lindo futebol", disse um sorridente Queiroz.

Embora ciente da última partida pelo Grupo G contra o poderoso Brasil, ele ressaltou o prazer com que seu time jogou e o classificou como um "prêmio" por sua motivação.

"É importante que os jogadores tenham prazer no jogo... e joguem futebol como sabem jogar. E quando somamos isso aos gols, é maravilhoso, realmente fantástico", acrescentou.

Portugal abriu o placar quando Tiago, substituindo o contundido Deco, rolou um passe perfeito para Meireles balançar a rede do goleiro Ri aos 29 minutos.

O ataque abalou a Coreia do Norte, que dali em diante assistiu ao jogo.

Meireles e Almeida combinaram bem e armaram para Simão conferir aos 8 minutos da segunda etapa. Fabio Coentrão cruzou para Almeida fazer o gol seguinte três minutos mais tarde e Cristiano Ronaldo preparou o segundo de Tiago pouco depois.

Desesperado para encerrar sua seca de gols de 16 meses pela seleção, Cristiano Ronaldo acertou o travessão aos 25 do segundo tempo, e Liédson conferiu o quinto gol a nove minutos do encerramento.

Mas Cristiano Ronaldo não teve que esperar muito por sua chance, embora tenha contado com a sorte para finalmente desencantar.

Aos 43 minutos, ele disparou, a bola rebateu no goleiro Ri, rolou na cabeça do astro do Real Madrid e se colocou a seus pés diante do gol, a essa altura, inevitável.

Dois minutos depois Tiago fez seu segundo na partida de cabeça aproveitando um cruzamento de Miguel Veloso, pondo fim à goleada.

GRANDE DESEMPENHO

Queiroz, ex-técnico da anfitriã África do Sul, disse que embora Portugal tenha tido um grande desempenho, também precisa se concentrar para a partida contra o pentacampeão Brasil, já classificado para as oitavas-de-final pelo Grupo G com seis pontos após a vitória de 3 x 1 sobre a Costa do Marfim no domingo.

"Não queremos que o Brasil faça nenhum gol em nós, porque queremos manter nossa reputação e nosso prestígio", disse ele.

"Vamos concentrar todos os nossos esforços, toda a nossa atenção no último jogo da fase de grupos".

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below