Tiago brilha com Portugal e supera má fase na Juventus

terça-feira, 22 de junho de 2010 18:16 BRT
 

Por Shrikesh Laxmidas

MAGALIESBURG, África do Sul (Reuters) - O desempenho do meio-campista Tiago na vitória de Portugal sobre a Coreia do Norte por 7 x 0 sugere que ele se recuperou dos dias sombrios na Juventus, onde supostamente trancou o presidente do clube em um banheiro em certa ocasião.

"Um desempenho muito impressionante. Todo jogador deve dar o melhor de si no torneio e Tiago deu o máximo", disse Enrique Cerezo, presidente do Atlético de Madri, clube para o qual Tiago está emprestado.

"Queremos assinar um contrato permanente com ele. Estamos em negociações com a Juventus", acrescentou Cerezo à Reuters em entrevista por telefone após o massacre português de segunda-feira.

Depois de temporadas bem sucedidas no Chelsea e no Lyon, o sonho de se juntar aos gigantes italianos em 2007 se tornou um pesadelo para Tiago, cujo desempenho lhe rendeu o voto dos torcedores para o prêmio "Golden Bin (Lixeira de Ouro)" em 2008 como pior jogador da liga italiana.

Em agosto de 2008, o presidente da Juventus à época, Giovanni Cobolli Gigli, disse à TV italiana que Tiago, desconsolado com os planos de emprestá-lo, o trancou em um banheiro, e Alessandro Del Piero teria intervindo para quebrar o trinco da porta e libertar seu patrão.

Tiago finalmente concordou com um empréstimo para o Atlético de Madri em janeiro e recuperou a boa forma, ajudando o time a obter uma vitória na Liga Europa e ficar no meio da classificação da liga após um mau começo.

Ele também recuperou seu lugar na seleção portuguesa e, quando Deco foi afastado com uma contusão, estava a postos para romper a teimosa defesa norte-coreana com um belo passe para o primeiro gol português e mais dois gols de sua própria autoria.

O prêmio de Jogador da Partida foi para Cristiano Ronaldo, mas o capitão o deu para Tiago, que Ronaldo disse merecer mais.